Analisando o adversário: Paraná empolgado

Depois de duas derrotas consecutivas, o Paraná reencontrou as vitórias contra o Londrina, na última segunda-feira (28), e ganhou uma sobrevida na luta pelo acesso, principalmente devido aos resultados da rodada passada. Logo, a equipe tricolor vem motivada para enfrentar o América.

Neste momento, o time paranista ocupa a 7ª colocação, com 47 pontos, sendo dois a menos que o Coelho, que está em quinto, e quatro a menos que o Atlético-GO, 4º colocado. O panorama atual demosntra o tamanho da partida de amanhã. Trata-se de um confronto direto que pode definir o futuro das duas equipes na Série B.

Como chega o Paraná?

Sem jogar desde o início da semana passada, a equipe deles está bem menos desgastada que a nossa. Nos bastidores, os salários dos jogadores seguem atrasados. Devido a isso, ninguém do elenco paranista está concendendo entrevista para a imprensa.

Para enfrentar o América, o técnico Matheus Costa não poderá contar com o zagueiro Rodolfo, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Fabrício vai compor a dupla de zaga ao lado de Leandro Almeida. O treinador ainda tem dúvida entre Éder Sciola e Léo Príncipe na lateral-direita.

Assim, uma provável escalação do Paraná contém a seguinte formação: Thiago Rodrigues; Éder Sciola (Léo Príncipe), Leandro Almeida, Fabrício e Guilherme Santos; Fernando Neto, Luiz Otávio e Matheus Anjos; João Pedro, Bruno Rodrigues e Jenison.

Nas redes sociais, a assessoria de imprensa paranista publicou uma imagem para simbolizar as seis partidas que restam na reta final da Série B. Lendo os comentários, fiquei surpreso: a torcida não acredita no acesso. A maioria das mensagens são de protestos contra a atual diretoria do clube.

Em outra imagem compartilhada no Instagram oficial do Paraná, percebi que a torcida também está na bronca com o técnico Matheus Costa. O comandante paranista foi o único criticado nas redes sociais. Sobre os jogadores, os únicos comentários que tinham eram de apelo para que houvesse o pagamento dos salários atrasados.

Mensagem final

Independentemente de tudo, o América depende apenas dele para seguir vivo na briga pelo retorno à primeira divisão. Então, vamos ao Independência! É hora de abraçar a equipe e o Tigrão, demonstrar confiança. O Coelho é para quem não desiste!

Diretoria, é para entrar em campo com o uniforme tradicional, por favor!

ACREDITA, AMÉRICA! #VamosSubirCoelho

Rafael Alves | @rafaelralves_

Resta1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.