Aos 15 anos, Ângelo põe seu nome na história do Santos

Na tarde de hoje, mesmo com a derrota para 3 x 1 contra o Fluminense, a partida foi especial para o jovem atacante Ângelo Gabriel, que colocou seu nome na história do Santos, sendo o segundo atleta mais jovem a estrear pelo time profissional do Peixe, inclusive ultrapassando Pelé.

Aos 15 anos, Ângelo ficou apenas de Coutinho, deixando inclusive, Pelé para trás. Na última sexta-feira, a jovem promessa santista assinou pré-contrato profissional com o Santos, que deve ser oficializado em dezembro, quando o jogador completa 16 anos, a idade mínima exigida para assinar contrato profissional. Para a diretoria santista, a assinatura do pré-contrato, protege as duas partes de assédio no mercado. Curiosamente, o atacante Ângelo, dos cinco primeiros, é o único que estreou com derrota. Os outros quatro, estrearam sempre com vitórias por goleadas.

Abaixo, os cinco mais jovens estreantes pelo Santos:

1º Coutinho, estreou aos 14 anos, 11 meses e 6 dias contra o Sírio Libanês, em 17 de maio de 1958, com vitória do Santos por 7 x 1.

2º Ângelo, estreou aos 15 anos, 10 meses e 4 dias, contra o Fluminense, em 25 de outubro de 2020, com derrota do Santos por 3 x 1.

3º Pelé, estreou com 15 anos, 10 meses e 15 dias, contra o Corinthians de Santo André, em 7 de setembro de 1956, com vitória do Santos por 7 x 1.

4º Gabigol, estreou com 16 anos, 4 meses e 17 dias, contra o Barueri, em 16 de janeiro de 2013, na vitória do Santos por 4 x 0.

5º Sandry, estreou com 16 anos, 5 meses e 1 dia, contra o Bragantino, em 31 de janeiro de 2019, na vitória do Santos por 4 x 1.

(Foto: Ivan Storti / Santos FC)

Resta1

Filipe Dias

Editor do MF. Paulista de São Paulo, Mineiro de Guaxupé, fundador da GuaxuPeixe, Torcida do Santos em Guaxupé e Setorista do Santos FC.