Chelsea entra na briga por Lionel Messi e David Alaba

De acordo com o jornal inglês The Sun, o time londrino estaria disposto a entrar na disputa com o Manchester CIty pelo gênio argentino e também possui interesse na contratação do defensor David Alaba do Bayern

A ideia é oferecer a ele o projeto de uma equipe que quer vencer a Liga dos Campeões e que gastou 230 milhões em contratações este ano.

A equipe de Frank Lampard seria uma atração a mais para Messi. Os Blues investiram £ 230 milhões nas ultimas janelas focando em jovens promessas como Kai Havertz, Hakim Ziyech, Timo Werner e Edouard Mendy. Além também de grandes craques já consagrados e experientes como o Thiago Silva.

E de acordo com a expert em futebol espanhol, Guillem Balague, o Chelsea pode estar entre os clubes com interesse na contratação de Messi. Em seu canal no YouTube, Balague disse:

“O Chelsea está definitivamente na equação se Messi estiver disponível. Isso é verdade. “O Chelsea vai insistir que quer ouvir tudo o que está acontecendo. “Se eles tiverem dinheiro, também vão querer se envolver. Lembre-se de que não há taxa de transferência.”

Os Blues comandados por Frank Lampard estão embalados de boas atuações e grandes expectativas na Champions e na Premier League, superando ate mesmo o City de Pep Guardiola. Esse fator também pode ser decisivo na contratação do atacante argentino.

Lampard confirmou que o Chelsea tem a opção e o interesse em estender o contrato de um ano de Thiago Silva para a temporada de 2021-22. Para compor a defesa com o brasileiro, outro bom nome está sendo avaliado de forma gratuita e é do austríaco David Alaba, atualmente jogando no Bayern de Munique e é uma lenda para os bávaros.

Porém no caso de Alaba, há também o interesse de Liverpool, Manchester City, Barcelona e Real Madrid. O que pode dificultar a ida do jogador de 28 anos aos Blues.

Alaba chegaria já em janeiro de forma gratuita ou ao fim da temporada em Julho, juntamente com Lionel Messi, que viria também sem custos. Ambos já podem assinar um pré-contrato em Janeiro.

créditos de imagem: Getty/Goal

Resta1