Comissão de Disciplina da Liga Francesa decide não punir Neymar e Álvaro González

O julgamento da confusão entre Neymar e o jogador do Olympique de Marselha, Álvaro González, ocorreu nessa quarta-feira (30). Ambos os jogadores e os seus clubes foram ouvidos pela Comissão de Disciplina da Liga Francesa, por vídeo Conferência.

Na reunião, a Comissão chegou a conclusão que não havia provas o suficiente para comprovar que Neymar sofreu racismo, e que Álvaro sofreu homofobia. Assim, os jogadores não foram punidos pelo ocorrido, que aconteceu no dia 13 de setembro, na derrota de 1 a 0 do PSG para o Olympique de Marselha. Tanto o brasileiro quanto o espanhol correram risco de serem suspensos por 10 jogos do Campeonato Francês. Punição que ocorreria caso fosse concluído que houve comentários racistas no meio da confusão.

Foto de capa: Getty Images.

Resta1