De jovem promessa a coringa na defesa santista

No início do ano, era apenas mais um “Menino da Vila”, querendo mostrar seu talento e conquistar algum espaço no time principal, que teve no seu setor defensivo em 2019, o ponto forte do time. Com o passar do tempo, pandemia, dificuldades e desfalques, as oportunidades foram aparecendo e hoje, Wagner Leonardo é considerado “coringa” do sistema defensivo do Santos, já que atua tanto de zagueiro, quanto de lateral.

Apelidado carinhosamente pelos colegas de “Palha”, o zagueiro tem mostrado seu valor, e foi importante na partida contra a LDU, quando ainda no final da primeira etapa, entrou em campo no lugar de Jean Mota e deu liberdade para o lateral esquerdo Felipe Jonatan se posicionar à frente, sendo mais efetivo no meio campo e no ataque.

Por intermédio de sua assessoria de imprensa, o zagueiro falou sobre a situação de entrar ainda no primeiro tempo e fazer a diferença no time. “Realmente não é comum entrar no primeiro tempo, porém, no futebol tudo acontece. Então precisa estar preparado, principalmente em um jogo como aquele que se tem a dificuldade da altitude. Tem sido um ano de muito aprendizado e realizações. Primeira vez que joguei na altitude, foi bem difícil, uma realidade totalmente diferente do que estamos acostumados. É necessário equilibrar muito bem a recuperação a cada ação que realiza”. O jovem zagueiro santista não sentiu os quase 3000 metros de altitude, que teve um papel fundamental da comissão técnica do Santos, que fez trabalho em campo com os jogadores sem o auxílio de cilindros de oxigênio, para o caso de necessidade em situações que o jogador passe por falta de ar, devido à altitude.

Ainda sobre a vitória, Wagner ressaltou a importância da vitória. “A vitória foi muito importante, principalmente por todas as adversidades que enfrentamos, porém, o grupo está muito fechado e focado, pois não ganhamos nada ainda. É continuar trabalhando mais ainda.” A vitória do Santos fora de casa deixa o time em situação confortável, onde o empate e derrota por 1 x 0 classifica o time. Derrota por mais gols de diferença, a LDU avança às quartas-de-final. O jogo de volta acontece na próxima terça-feira, 1º de Dezembro na Vila Belmiro, e o zagueiro vive a expectativa inclusive de sair jogando, já que o lateral Felipe Jonatan sofreu um trauma na coxa, e é dúvida para o jogo.

Resta1