Grêmio começou o Brasileirão com o segundo pior rendimento da sua história

O Campeonato Brasileiro já passou da sua 8° rodada, mas até então o Grêmio só jogou sete partidas, e não venceu seis delas. Somando um baixo aproveitamento de 38% no campeonato. O que está rendendo uma sequência de críticas nas redes sociais, mesmo que Renato Gaúcho esteja mantendo o seu discurso otimista.

Esse início de campeonato é o segundo pior do time de Porto Alegre, desde que o campeonato nacional passou a ser disputado por pontos corridos, em 2003. Com esse aproveitamento, o Grêmio está em 14° lugar na tabela do Brasileirão. Mas, o que está motivando os tricolores é que na mesma rodada do campeonato, em 2019, o clube estava com um rendimento de 23,08%, e mesmo assim conseguiu terminar a edição do Brasileirão em quarto lugar.

O aproveitamento de 38% nessa mesma fase do Brasileirão já ocorreu em outras edições, como em 2003, 2006, 2010 e 2011. Em alguns desses anos, no decorrer da competição, o Grêmio conseguiu sair da maré ruim e subir na tabela. Em 2006 e 2010, os Porto Alegrenses ficaram na terceira e quarta colocação, respectivamente. Já em 2003, o 21° lugar foi o máximo que o tricolor conseguiu chegar, e em 2011 foi o 12° colocado.

No ano passado, a vaga no G-4 começou exatamente após os primeiros sete jogos da equipe no campeonato, o que deu vaga direta para a Libertadores. A oportunidade para os gremistas mudarem essa porcentagem de aproveitamento será quinta-feira (10), na qual joga contra o Bahia, em Salvador.

Porém, Renato Gaúcho não contará com seis jogadores titulares. Jean Pyerre, Maicon, Pepê e Victor Ferraz, que estão passando por lesões musculares; e Geromel e Kannemann, que estão suspensos.

Foto de capa: Reprodução/Olé do Brasil

Resta1

Carla Andréa

Jornalista Esportiva; Torcedora do Barcelona; Apreciadora de um bom futebol.