Peres anuncia acordo sem custos com a WTorre para a ‘nova Vila Belmiro’

Em entrevista ao jornalista Jorge Nicola, em seu portal no Yahoo!, o presidente José Carlos Peres garante que a WTorre acertou acordo com o Santos para construir uma nova Vila Belmiro. “Vamos anunciar no começo de outubro, o acordo com a WTorre para a construção de uma nova Vila Belmiro”.

Segundo o presidente santista, o Santos não terá custo para a construção, ficando totalmente por conta da empresa WTorre, nos mesmos moldes que foi construído o Allianz Parque, casa do Palmeiras, que foi entregue em novembro em 2014. “O modelo é bem parecido ao do Palmeiras com a WTorre no Allianz Parque. A empresa também vai construir os novos estádios do Vasco e da Ponte Preta”, afirmou Peres.

A ‘nova Vila Belmiro’ teria capacidade para 20 mil pessoas, com modernas instalações, seguindo o conceito das grandes arenas do mundo. (Foto: Divulgação)

Segundo o presidente santista, “o projeto é espetacular, e o torcedor vai adorar”. Peres trás o anúncio em meio a uma grande turbulência no seu mandato. Na segunda-feira, haverá uma reunião do Conselho Deliberativo, onde será votado pelo seu afastamento e de membros do Comitê de Gestão, devido à irregularidades apontadas nas contas apresentadas de 2019, que foram reprovadas.

Para o presidente, o ato é uma ‘politicagem’ e afirma não ter chances, pelo estatuto do clube, do seu afastamento. “É tudo política. Hoje o Santos tem pelo menos dez pré-candidatos, todos conselheiros, que já estão em campanha. Tivemos um superávit superior a R$ 20 milhões e querem me tirar da presidência?

Em meio à toda briga política no Santos, o clube vive outra situação delicada, devido às punições impostas pela Fifa, pelo não pagamento da compra do zagueiro Cléber Reis ao Hamburgo em 2018 e pela contratação do atacante Soteldo, junto ao Huachipato. Por esses débitos, o time foi punido com o “transfer ban”, o que impede de contratar por três janelas. As punições ainda podem ser maiores, já que o Atlético Nacional também cobra o Santos na Fifa, pela compra do zagueiro Felipe Aguilar, que inclusive já foi vendido ao Athletico Paranaense, e por este não pagamento, o time pode ser punido pela perde de pontos no Campeonato Brasileiro e, a continuar com os atrasos, pode chegar à punição máxima de rebaixamento de divisão.

Resta1

Filipe Dias

Editor do MF. Paulista de São Paulo, Mineiro de Guaxupé, fundador da GuaxuPeixe, Torcida do Santos em Guaxupé e Setorista do Santos FC.