Willian Arão comenta sobre nova função: “Eu estou de zagueiro, mas sou volante”

Desde sua chegada, Rogério Ceni fez uma adaptação na equipe que rendeu frutos. O treinador recuou Willian Arão para a zaga, enquanto Diego Ribas assumiu a função de primeiro volante. Nesse sentido, essa foi a terceira função diferente que o volante de origem fez no Flamengo.

Anteriormente, Arão atuava como segundo volante e fazia dupla com Gustavo Cuellar. No entanto, com a chegad a de Jorge Jesus, o atleta foi recuado para a posição de primeiro volante. Assim, foi um dos pilares da equipe história de 2019. Por mais que fosse uma função nova, dominou e foi bem elogiado. Em contrapartida, com a chegada de Ceni, Arão recuou para a zaga e mais uma vez tem conseguido boas atuações.

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Nesse contexto, em entrevista à ESPN, o volante comentou sobre seu desempenho na nova função e como prefere ser chamado, já que, apesar da sua posição de origem, tem atuado como zagueiro: “Eu gosto de ser chamado de volante, porque é minha posição de origem. Eu estou de zagueiro, mas não sou zagueiro, sou volante. Estou cumprindo uma função que o técnico determinou para mim, ele acha que posso agregar mais para o time assim”.

Em síntese, com o bom desempenho na zaga, Arão quer ser chamado pela posição original. Por fim, comentou sobre a situação do time, que vem encaixada e venceu a última partida por 5 a 1: “Nós tivemos duas semanas para treinar, fizemos ajustes, correções, não somos perfeitos. Mas estamos dispostos a corrigir nossas falhas e defeitos.”