Zagueiro fisioterapeuta no time e orgulho de Piripiri: conheça o 4 de Julho, adversário do São Paulo na Copa do Brasil

Foto: Arthur Ribeiro

A Copa do Brasil é um torneio especial e cada jogo é cercado de expectativa. Mas nesse momento, nenhuma cidade do Brasil está tão ansiosa para ver os jogos quanto Piripiri, no Piauí. Isso porque o 4 de Julho, representante local e atual campeão piauiense, vai enfrentar o poderoso São Paulo, campeão paulista e um dos favoritos a todos os títulos da temporada. Mas e você, conhece a história do Gavião Colorado?

Fundado em 1987, o tetracampeão piauiense acumula diversas histórias ricas e curiosas para contar. Preparamos um especial e vamos contar várias delas aqui, confira!

Nome e ligação com Piripiri

O 4 de Julho leva esse nome em homenagem ao dia de fundação do clube: 4 de Julho de 1987. Nesta data também se comemora o aniversário da cidade de Piripiri, cidade de aproximadamente 60 mil habitantes no interior do Piauí, onde fica a sede e estádio onde o clube manda seus jogos, a Arena Ytacoatiara.

Zagueiro fisioterapeuta

O caminho percorrido para o 4 de Julho chegar nessa fase de Copa do Brasil não foi nada fácil. Na primeira fase, a equipe do Piauí passou pelo Confiança com um gol marcado aos 46 minutos do segundo tempo. Mais impressionante que o gol, só mesmo a história do autor dele: Caio César, zagueiro da equipe, é fisioterapeuta e trabalhou na linha de frente contra Covid-19 no hospital de Tianguá, no Ceará. Graças a função, Caio também foi o primeiro jogador do futebol local vacinado contra a doença viral.

Caio César após o gol da classificação. Foto: Divulgação / 4 de Julho

Bom desempenho contra times de elite

Depois de eliminar o Confiança, o Gavião Colorado teve que enfrentar o Cuiabá, clube recém promovido à série A do futebol brasileiro. Em partida muito equilibrada, o empate por 0 a 0 levou o jogo para os pênaltis, onde a estrela do goleiro Jaílson brilhou: além de agarrar a penalidade cobrada por Marllon, o arqueiro converteu a última cobrança da série, classificando sua equipe para enfrentar o tricolor paulista.

Além das partidas pela Copa do Brasil, o 4 de Julho enfrentou adversários das Séries A e B em 4 oportunidades na Copa do Nordeste, com 3 empates e 1 derrota, pelo placar de 2 a 1 para o Fortaleza. Somando as competições, os piauienses só perderam 1 de 6 jogos disputados contra equipes do primeiro escalão do futebol nacional.

Estilo propositivo e técnico ofensivo

Um dos grandes trunfos do 4J para enfrentar o São Paulo é seu treinador, Fernando Tonet. O técnico, que chegou no mês de Maio para substituir Flávio Araújo, foi um dos principais responsáveis pela ascensão de outro clube piauiense, o Altos, que subiu da Série D para C do campeonato brasileiro e fez um bom papel na última Copa do Brasil, sendo eliminado pelo Vasco após um empate por 1 a 1.

Tonet é conhecido por armar equipes que gostam de jogar com a bola e propõem jogo. Perguntado se mudaria a postura contra o tricolor, o treinador negou e ainda afirmou que vão jogar “sem medo”, mostrando “que possuem jogadores de qualidade”.

Fernando Tonet – Foto: Foto: Emanuele Madeira

Engajamento social

Uma estratégia que o Gavião adota é a ligação com os torcedores em redes sociais. Apesar de não ter a maior torcida do Piauí, é o clube com mais seguidores no Twitter e Instagram do estado, muito graças a forma mais leve e “zueira” que faz as postagens, interagindo, inclusive, com o perfil do São Paulo.

CT e futuro

Participante da Série D, o colorado sonha em subir para a terceira divisão nacional e investe para isso. Além do técnico Tonet, o clube montou um elenco com folha salarial de R$140 mil reais, valor considerado dado seus rivais no âmbito regional. Os destaques da equipe são os meias Esquerdinha e Hiltinho, além do zagueiro Gilmar Bahia e o goleiro Jaílson, herói da classificação contra o Cuiabá.

E o projeto do clube não é apenas a curto prazo: com o dinheiro arrecadado na campanha da Copa do Brasil, o 4 de Julho está planejando a construção de seu Centro de Treinamento, visando ter uma estrutura que permita ao Gavião “voar cada vez mais alto.”

O 4 de Julho não poderá mandar o jogo contra o São Paulo na Arena Ytacoatiara. A partida desta terça-feira será realizada no estádio Albertão, em Teresina, capital do Piauí e 160km afastada de Piripiri. Mas podemos ter certeza que a cidade irar parar para assistir o clube e os jogadores que tanto representam o futebol local.