Com Quaresma no ataque, Portugal enfrenta a Áustria

Quaresma será titular na seleção de Portugal. (Foto: Site UEFA)

Com uma formação mais ofensiva, a seleção portuguesa joga tudo contra a Áustria neste sábado (18), às 16h (de Brasília), no Estádio Parc des Princes, em Paris, buscando a vitória para encaminhar a classificação na última rodada pois, na primeira rodada, apenas empatou com a Islândia e viu a Hungria bater os austríacos e assumir a ponta. Dadas como favoritas no início da competição, as duas seleções só querem saber dos 3 pontos para se manter forte e chegar com ótimas condições de classificação na última rodada, sem contar que a seleção que sair derrota, dá praticamente adeus à competição. A Hungria lidera o grupo com 3 pontos, logo em seguida vem Islândia e Portugal com 1 ponto e por último vem a Áustria, sem somar pontos. Antes de entrar em campo, Portugal e Áustria acompanham a partida entre Islândia e Hungria, marcada para às 13h.
O técnico Fernando Santos não esconde a escalação e vem com mudanças. Querendo buscar o resultado, o treinador saca João Mário e coloca Quaresma ao lado de Nani e Cristiano Ronaldo, entretanto, para não perder o poder de marcação no meio-campo, ele substitui Danilo Pereira por William. A única dúvida é na lateral-direita. Vieirinha foi titular na última partida, mas o erro no gol da Islândia pode ter custado a vaga na equipe, e Cédric pode acabar entrando.
Pelo lado austríaco, o técnico Marcel Koller possui três problemas. Sem Dragovic, suspenso, Prödl deve ser escalado. Junuzovic, que se machucou contra a Hungria, está fora, então, Schopf e Ilsanker disputam a posição. E o último problema fica por conta de Cristiano Ronaldo. Ciente da alta habilidade e poder de decisão do Gajo, o treinador pede atenção aos seus comandados.

Sem gol de Ibra, CR7 tem nova chance de ser o primeiro a bater recorde. (Foto: site UEFA)

Ficha Técnica
Portugal x Áustria

Local: Estádio Parc des Princes, Paris;
Data: 18 de Junho de 2016 (Sábado);
Horário: 16h (Horário de Brasília);
Trio de Arbitragem: Nicola Rizzoli (Árbitro – ITA); Elenito Di Liberatore e Mauro Tonolini (Assistentes – ambos da Itália);

PORTUGAL: Rui Patrício; Vieirinha (Cédric) Pepe, Ricardo Carvalho e Raphael Guerreiro; William, André Gomes e João Moutinho; Quaresma, Nani e Cristiano Ronaldo
Técnico: Fernando Santos

ÁUSTRIA: Almer; Klein, Prödl, Hinteregger e Fuchs; Alaba, Baumgartlinger, Schopf (Ilsanker), Harnik e Arnautovic; Janko
Técnico: Marcel Koller

Resta1