Flamengo decide não liberar Pedro para Olimpíadas; jogador ja foi comunicado

De acordo com o jornalista Mauro Cezar, o Flamengo decidiu que não irá liberar o atacante Pedro para a disputa dos Jogos Olímpicos pela seleção brasileira no Japão. Além disso, o jogador já foi comunicado oficialmente da decisão tomada pela diretoria.

Nesse sentido, ainda segundo Mauro, o argumento utilizado pelo Flamengo ao jogador foi que o investimento (cerca de 14 milhões de euros apenas a multa rescisória) é alto e o clube não pode abrir mão dele. No momento, Pedro se recupera da Covid-19 e segue em isolamento.

Então, não foi relacionado para a partida de volta contra o Coritiba, na noite desta quarta-feira pela Copa do Brasil. Ele já havia ficado de fora do jogo de ida, porque chegou da Sérvia, onde defendeu o time olímpico, apenas na manhã do dia da partida. Pedro já foi desfalque no domingo, contra o América-MG, já por causa da infecção pelo coronavírus.

Por fim, a fase de grupos no futebol das Olimpíadas de Tóquio começa em 21 de julho, com a final em 7 de agosto. Então, como os convocados se apresentarão antes, o centroavante ficaria fora das oitavas de final da Libertadores. Além disso, chegaria a o Brasil perto dos possíveis jogos das quartas. Além de não atuar por várias rodadas do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil, se o Flamengo avançar.

Assim, o Flamengo pode ter apenas um jogador convocado para a competição. Como Gabigol está disputando a Copa América, ele não será convocado para os Jogos Olímpicos. No entanto, Rodrigo Caio não está disputando a competição e foi pré-convocado por André Jardine. Então, poderá ser convocado para representar o país.