Gabigol se vê injustiçado pela arbitragem e dispara: “Não vou ficar moroso”

Capitão do Flamengo na partida contra o América-MG, Gabigol tem o perfil de jogador que dialoga muito com os árbitros durante a partida, exercendo uma liderança dentro de campo.

Com isso, o jogador se vê perseguido pelos árbitros do futebol brasileiro após seguidas decisões erradas em partidas do Flamengo envolvendo o camisa 9. Inclusive, ele listou quais foram as situações.

“Gol meu contra o Botafogo, impedido. Pênalti contra o Inter, arrancaram meu dente, não foi. Contra o Ceará, pênalti em mim, não deram. O que vou fazer? Ficar calado? Preciso me controlar, mas não vou entrar em campo e ficar moroso”, comentou.

Gabigol deixou sua marca contra o América-MG, mas acabou saindo vaiado pela torcida por ter desperdiçado algumas chances claras e um pênalti. Ainda assim, o camisa 9 é um dos principais artilheiros do Flamengo no ano, com 18 gols.

Salah e Marquinhos são destaques na seleção da semana do FIFA 23 Neymar cada vez mais próximo de marca histórica pela Seleção Brasileira Os pilotos com mais vitórias pela Willians na história da Fórmula 1 Verstappen pode conquistar o bicampeonato mundial de F1 em Cingapura; entenda