Renato Gaúcho minimiza jejum de Gabigol e fala sobre ausência de Arrascaeta: “Jogador acima da média”

Renato Gáucho

Alexandre Vidal/CRF

Renato Gaúcho minimizou a "seca" de gols de Gabriel e falou sobre a ausência de Arrascaeta

O Flamengo empatou com o Athletico Paranaense em 2 a 2 na Arena da Baixada e segue lutando por uma vaga na grande final da Copa do Brasil. Gabigol, camisa nove e referência no ataque rubro-negro, mais uma vez passou em branco e completou sete jogos sem marcar nenhum gol.

A última vez que o artilheiro balançou as redes foi contra o Santos, no dia 28 de agosto. Na ocasião, Gabriel marcou três gols e comandou o Mais Querido na partida.

Perguntado sobre a “seca” de Gabigol, Renato Gaúcho minimizou o assunto e disse que nenhum jogador no mundo fica livre dessas fases sem gols. O treinador também destacou a movimentação de Gabriel e sua importância para a equipe mesmo sem balançar as redes.

– Eu não conheço um jogador no mundo que não fique alguns jogos sem fazer gols. O importante é a entrega que ele vem tendo. No momento que ele se desloca é quando joga sem a bola, abre espaço para os companheiros – afirmou Renato.

Divulgação/Flamengo

Renato Gaúcho também foi questionado sobre a ausência de Arrascaeta e a importância do uruguaio para a criação de jogadas do time. O treinador afirmou que o meia é um jogador acima da média assim como Bruno Henrique, que também ficou de fora da partida.

– O Arrascaeta é um jogador acima da média. Bruno Henrique também. Nós temos improvisado um jogador na vaga de meia-armador. Não que o Andreas não esteja jogando bem, mas ele está jogando fora de posição. Mas o Arrascaeta é o Arrascaeta – finalizou.

Veja mais: Gabigol é substituído com dores e vira preocupação no Flamengo

A expectativa do DM do Flamengo é de que Arrascaeta e Bruno Henrique se recuperem para enfrentar o Athletico Paranaense no jogo da volta. A partida acontece no próximo dia 27, no Maracanã. Vale lembrar que o gol fora de casa não é mais critério de desempate, portanto, qualquer placar igual leva a decisão para os pênaltis.

Acompanhe Paulo Oliveira no Twitter