Volta Redonda x Flamengo: tudo sobre a partida, escalações e mais

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Neste sábado (01), Volta Redonda e Flamengo se enfrentam pelo primeiro jogo da semifinal do Campeonato Carioca. No entanto, o Rubro-Negro, campeão da Taça Guanabara no último sábado, possui a vantagem do empate e por isso usará uma equipe alternativa. Vale destacar que logo após a partida, o Flamengo embarca rumo ao Equador para encarar a LDU pela terceira rodada da fase e grupos da Libertadores. Sendo assim, a semifinal contra o Voltaço está marcada para às 21h05, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Desse modo, a intenção do Flamengo é poupar alguns titulares, assim como na última partida pelo Carioca, também contra o Voltaço. Nesta sexta-feira, o Rubro-Negro divulgou a lista de relacionados sem Filipe Luis e Gabigol, além de Gerson que realizará exames, por dores na coxa direita e Rodrigo Caio que está em tratamento de uma fibrose. Contudo, Léo Pereira também não está entre os relacionados por ter ido à uma festa clandestina e ter faltado o treino na última quinta-feira.

Por outro lado, o Volta Redonda pretende usar força total, escalando o que há de melhor disponível. Porém, terá o desfalque de Oliveira para esta partida.

Portanto, a provável escalação do Flamengo: Diego Alves; Isla (Matheuzinho), Bruno Viana, Willian Arão, Renê; João Gomes, Diego, Everton Ribeiro (Vitinho), Arrascaeta; Bruno Henrique e Pedro.

Já a provável escalação do Volta Redonda: Andrey; Régis Souza, Heitor, Gabriel Pereira, Luiz Paulo; Bruno Barra, Emerson Junior, Luciano Naninho; Alef Manga, Hiroshi e João Carlos.

Por fim, a transmissão da partida fica por conta da TV Record, FlaTV+, além do PPV da FERJ. Sendo a equipe de arbitragem: Rafael Martins Sá, Michael Correia e Wallace Santos. E o árbitro de vídeo: Pathrice Maia.

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo.

Os jogadores mais valiosos do futebol brasileiro Maiores campeões estaduais na Série A Os 10 times mais valiosos do Brasil Lembra deles? Os medalhões que jogarão os estaduais longe dos holofotes