Finanças em queda: Fluminense fecha 1º semestre de 2020 com déficit

O site globoesporte.com divulgou na noite desta sexta-feira (2) o balanço financeiro do Fluminense no primeiro semestre. O tricolor carioca fechou os primeiros seis meses no vermelho e terá que buscar alternativas para se readequar.

Na matéria, os jornalistas Felipe Siqueira, Paula Carvalho e Thiago Lima informam que o Fluminense terminou o 1º semestre de 2020 com um déficit de R$ 11.790.088,00. Além disso, esses números são possíveis de encontrar no Portal da Transparência, no site oficial do clube.

A queda na receita do segundo trimestre, devido aos impactos da pandemia de coronavírus, fez os números irem para baixo. No período de abril a junho, o Flu só disputou uma partida e isso atrapalhou muito a saúde financeira do clube. As receitas operacionais foram de R$ 46.520.563,00 no 1º trimestre para R$ 10.928.782,99 no 2º trimestre. O acumulado disso tudo é de R$ 57.449.345,00.

Imagem: reprodução

Além disso, a matéria também aborda as outras áreas do clube. Assim sendo, de dívida, o clube teve nos primeiros três meses: profissional (R$ 5 milhões) e Xerém (R$ 1,2 milhões). Agora, fechando o semestre com prejuízo no profissional de R$ 6,4 milhões e lucro de apenas R$ 22 mil com Xerém. Ademais, os esportes olímpicos, que já tinham prejuízo acumulado de de R$ 1,6 milhão, aumentaram para R$ 4,3 milhões. Por fim, o Social, que passou de – R$ 428 mil para – R$ 1 milhão.

Foto de destaque: Fluminense FC.

Os resultados dos jogos de ida das oitavas da Sul-Americana Os resultados das partidas de ida das oitavas de final da Libertadores PREOCUPANTE? Os números do Botafogo nos últimos 8 jogos da temporada Os 10 times da Série A com mais gols marcados na temporada 2022