Fred sofre derrota em processo contra o Atlético-MG

Na tarde desta terça-feira (23), o Atlético-MG comunicou que obteve vitória no processo movido pelo atacante Fred na Justiça do Trabalho. Segundo o clube mineiro, o processo de execução foi declarado extinto.

Fred buscava receber R$ 4,2 milhões por verbas não pagas pelo Atlético-MG na rescisão do contrato, em dezembro de 2017. A decisão do Tribunal do Trabalho cabe recurso à defesa do atacante.

Em outubro, o clube mineiro havia entrado com processo de “cumprimento de sentença” cobrando R$ 23 milhões do jogador. Na discussão, o Atlético-MG confessou ser devedor de R$ 1,9 milhões de verbas trabalhistas a Fred, mas queria que tal dívida fosse compensada dentro da multa de R$ 10 milhões cobradas do centroavante por ele ter assinado com o Cruzeiro em 2018.

Câmara Nacional de Resoluções de Disputas (CNRD) da CBF havia concordado com a manifestação do Atlético-MG, e foi favorável à compensação de uma dívida menor dentro da outra maior. No entanto, Fred recorreu ao CBMA (Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem). No recurso, o clube mineiro seguiu com resultado favorável, e credor do jogador, mas perdeu no que diz respeito à compensação.

Com o passar dos meses, os valores das duas dívidas foram atualizados. Os R$ 10 milhões da cobrança do Atlético-MG viraram R$ 23 milhões. E o R$ 1,9 milhão que o clube mineiro deve a Fred foi corrigido no cálculo do jogador, praticamente dobrando de valor.

ESQUECIDOS! Os campeões da Copa das Nações da Oceania As melhores jogadoras da todas as edições da Copa do Mundo Feminina sub-20 TÁ ROLANDO! As campeãs de todas as edições da Copa do Mundo Feminina Sub-20 Veja quem chegou e quem saiu do Flamengo na janela do meio do ano