Witzel desejava desapropriar sede das Laranjeiras, afirma jornalista

O governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, atualmente afastado do cargo pelo Superior Tribunal de Justiça, tinha planos de desapropriar a sede histórica do Fluminense, localizada em Laranjeiras, segundo o jornalista Anselmo Góis do jornal “O Globo”. Witzel iria pagar cerca de 300 milhões de reais pelo terreno.

(Foto: Fernando Frazão/ABr)

De acordo com a fonte, o intuito do governador seria iniciar a construção de um centro administrativo no local, que teria passagem direta para o Palácio da Guanabara. Wilson Witzel está sendo investigado por uma possível participação em esquemas corruptos.

FOTO DE CAPA: Tânia Rêgo/Agência Brasil.

Resta1

Jalile Elias

Aspirante a jornalista esportiva, torcedora do Liverpool e Fluminense