CBF apresenta Aline Pellegrino e Duda Luizelli como coordenadoras de futebol feminino

Aline Pellegrino

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Aline Pellegrino é a nova coordenadora de futebol feminino da CBF. A ex-jogadora agora é responsável por administrar o desenvolvimento do futebol feminino no país, além de organizar o calendário de competições. A partir de então, a entidade cria o cargo de chefia dedicado à modalidade e às competições.

Aline é referência na gestão da modalidade e atua desde 2016 como coordenadora de futebol feminino da Federação Paulista de Futebol. De acordo com a ex-jogadora, as mulheres estão dentro da hierarquia do pr ocesso de valorização do futebol feminino. “Espero que eu seja um elo entre clubes, atletas, federações e a confederação. Venho com o objetivo na mediação entre eles, pelo desenvolvimento do futebol feminino no Brasil”. Além disso, agora ela é responsável pelo Brasileiro Feminino A1, o Brasileiro Feminino A2, o Feminino Sub-18 e o Feminino Sub-16.

Segundo Rogério Caboclo, presidente da CBF, o futebol feminino no Brasil está nas mãos de quem entente do futebol tanto em campo quanto for a dele. “Pessoas que conquistaram seu espaço por terem feito tudo que podiam enquanto jogaram e trabalharam para estar aqui como dirigentes. Hoje, as mulheres ganharam seu espaço pela competência que tem”.

A CBF estava sem diretor de seleções femininas desde a saída de Marco Aurélio Cunha do cargo, em 2 de junho. Além da criação do novo cargo de chefia, a CBF escolheu o nome de Duda Luizelli, diretora de futebol feminino do Internacional. Ela coordenará a tanto a seleção brasileira feminina quanto as categorias de base.

Foto de capa: Lucas Figueiredo/CBF