As Transferências mais inesperadas do Mercado do Futebol Europeu

Luis Figo

Não é apenas durante a temporada que o mundo do futebol pode chocar a todos com
duelos entre os melhores jogadores do mundo. A cada temporada, a janela de transferência
gera muito trabalho de bastidores, com todos dos clubes procurando jogadores para compor
a equipe.

Algumas das transferências mais inacreditáveis foram listadas por nós aqui nesse texto:

#5 – Carlos Tevez – Do Manchester United ao Manchester City

Apesar de impressionar e desempenhar um papel importante no United, as contínuas questões contratuais e a crescente tensão entre Tevez e Sir Alex Ferguson acabaram vendo ele se afastar do clube em 2009. Tevez descartou a mudança para o Liverpool devido à rivalidade deles com o United, e em vez disso ele se mudou para o Manchester City, onde cruzou a cidade rival por um recorde britânico de transferências de cerca de £47 milhões.

#4 – Robinho – Do Real Madrid ao Manchester City

O dia da transferência pode sempre proporcionar excitação, mas esta transferência provou ser uma das assinaturas tardias mais chocantes de todos os tempos e deixou os torcedores do Chelsea incrédulos. Robinho parecia pronto para se juntar ao Real Madrid por 32 milhões de libras e todas as partes estavam entusiasmadas com a mudança, mas depois chegou a notícia de que o Manchester City havia sido comprado pela empresa de investimento árabe Abu Dhabi United Group. Foi quase como um código promocional surpresa para os torcedores do City!

#3 – Kaká – Do Milan ao Real Madrid

Kaká deixou todo mundo em choque ao se juntar ao Real Madrid em 2009. Ele não apenas expressou seu desejo de permanecer no clube italiano, mas também se mudou por uma taxa recorde mundial de £56 milhões. Kaká foi talvez o melhor jogador do mundo, ajudando o A.C. Milan a conquistar um troféu da Liga dos Campeões em 2006/2007 e marcando 70 gols para o clube até o final da temporada 2008/09.

Sol Campbell - Pouca Mídia Muito Futebol #4

#2 – Sol Campbell – Do Tottenham ao Arsenal

A maioria dos jogadores sabe melhor do que se juntar a um rival feroz, mas Sol Campbell abalaria o norte de Londres e todo o mundo do futebol, quando ele se juntou ao Arsenal do Spurs em uma transferência gratuita em 2001. A fim de manter os serviços do talentoso CB, os Spurs lhe ofereceram um acordo que o tornaria seu jogador mais bem pago de todos os tempos, e ele havia declarado publicamente que nunca jogaria pelo Arsenal. Então, sem rumores ou indicação de uma troca, Campbell virou as costas para os Lilywhites e assinou para os Gunners.

#1 Luis Figo – Do Barcelona ao Real Madrid

Como esta lista demonstra, alguns jogadores decidem fazer a troca para o rival amargo de um time, e isto sempre provocará muita raiva. Mas nenhum jogador trocou para um rival causou tanta fúria quanto Luis Figo, que foi adorado no Camp Nou antes de partir para o Real Madrid em 2000. No Barça, Figo havia conquistado títulos consecutivos da liga e uma medalha de campeão da Copa dos Campeões, além de marcar 30 gols para os gigantes catalães. Ele então, chocantemente, fez a troca por 37 milhões de libras esterlinas, o que era um recorde mundial na época.

Os resultados dos jogos de ida das oitavas da Sul-Americana Os resultados das partidas de ida das oitavas de final da Libertadores PREOCUPANTE? Os números do Botafogo nos últimos 8 jogos da temporada Os 10 times da Série A com mais gols marcados na temporada 2022