Clube árabe faz nova proposta para contratar Ferreira, do Grêmio

Recentemente, o Grêmio recusou uma proposta do Al Ain, dos Emirados Arábes, por Ferreira. No entanto, o clube árabe insistiu na negociação e subiu a oferta para convencer o Imortal a negociar. O atacante é visto como uma prioridade dos árabes, que já tentaram contratar Michael, do Flamengo.

Nesse sentido, o clube gaúcho recusou uma proposta de 4 milhões de euros (R$ 24,4 milhões, na cotação atual), e a opção de compra de 11 milhões (R$ 67,7 milhões) ao final do período. Além disso, Ferreira ocuparia um dos maiores salários do clube. Agora, o Al Ain fez uma nova oferta, mas o valor ainda é mantido em sigilo. A informação é da GZH.

Dessa forma, segundo o ge, o Grêmio topa negociar sua jovem promessa caso chegue uma oferta superior a 10 milhões de euros (R$ 61,1 milhões). O intuito do clube gaúcho não é negociá-lo por empréstimo, por isso prioriza uma venda. Aos 23 anos, o atacante tem vínculo com o Grêmio até 2023.

A multa rescisória é variável dependendo do país do time interessado. Para a Ucrânia, o valor é de 8 milhões de euros, mas a multa é maior para Portugal (12 milhões de euros) e Inglaterra (15 milhões de euros). No mês passado, o Dínamo de Kiev, da Ucrânia, consultou a situação do atacante.

Desde então, os dirigentes gremistas abriram tratativas para renovar o contrato do atleta. O principal ponto de incômodo é a multa rescisória baixa para os padrões europeus – 8 milhões de euros (R$ 46,8 milhões). Assim, o Tricolor detém 50% dos direitos econômicos do atleta.

Os jogadores que podem sair do São Paulo de graça As notas dos jogadores do Bahia no empate diante do Grêmio É do Galo! Números de Pavón, em 2020-2021 Os 10 melhores jogadores do PSG no FIFA 12