Grenal dos desesperados e o reencontro de técnicos

A gangorra quebrou. Sem favorito, o jogo da tarde de hoje será marcado pelo desespero. A dupla GreNal mais do que nunca deposita toda as suas esperanças na vitória de hoje para se reerguer. 

Com 2 pont os, Grêmio ainda não venceu neste Brasileirão. Desse modo, busca a sua primeira vitória justamente contra o rival. A hegemonia tricolor dos últimos anos pode entrar em campo hoje e definir o jogo. A vitória seria um suspiro e o início de uma reação para fugir da zona de rebaixamento. Para escalação, o tricolor não contará com Matheus Henrique e Brenno que estão na seleção olímpica. 

Do lado vermelho, o Internacional também está brigando na parte de baixo da tabela. Em razão do histórico recente negativo em clássicos, cai sobre o Inter a dura tarefa de combater a hegemonia e suas próprias dificuldades dentro de campo. Nesta rodada, Edenilson, Victor Cuesta e Taison podem retornar ao time. 

De volta à casa, o recém contratado, Felipão, tem a missão de tornar o tricolor competitivo novamente. Na sua estreia, enfrentará Diego Aguirre. Os dois lideraram a dupla grenal em 2015 e se reencontraram em 2018 enquanto estavam no Palmeiras e no São Paul o, respectivamente. No Rio Grande do Sul, foram 3 clássicos disputados. Os dois primeiros foram empates magros, sem gols. Já o último, valendo título, terminou 2 a 1 para o colorado com gols de Valdivia, Nilmar e Giuliano descontou. 

A bola rolará hoje às 16:30 na Arena do Grêmio. Quem errar menos e conseguir manter o mental fortalecido poderá sair com os 3 pontos. Porém, o que tudo indica é que será um jogo tecnicamente deficitário com previsão para empate.

Foto de capa: Gaúcha ZH