Vice-presidente do Grêmio critica Flamengo por polêmica de jogos com público

Mesmo após a vitória do Grêmio sobre o Flamengo por 1 a 0, o vice-presidente do clube gaúcho criticou o Rubro Negro. O motivo das declarações de Marcos Herrman foi o pedido do clube carioca em colocar torcida em seus jogos como mandante para a realização de eventos-testes. 

No último jogo das quartas de final da Copa do Brasil, o Flamengo recebeu a t orcida no Maracanã. O time de Renato Gaúcho conseguiu por meio de uma liminar no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Entretanto, na partida de ida, o Grêmio optou por não levar o público para a Arena. Assim, o dirigente alfinetou o clube carioca e o chamou de “privilegiadinho”. 

“Isso inflamou as diretorias. Os jogadores, não. Mas nós da diretoria estávamos realmente muito chateados, porque é um regulamento que não está sendo cumprido. Estávamos chateados porque jogamos em Porto Alegre sem público e jogamos com público aqui. Isso não é certo. Mas foi reparado e vamos torcer para que o quanto antes o público volte para o estádio. Mas para os 20. Não para o “privilegiadinho”, afirmou Herrman. 

(Foto: Lucas Uebel/Grêmio)