Engajados na campanha, jogadores do Inter se se associam ao clube

Há algumas semanas, o Internacional divulgou a campanha “Estaremos contigo” para incentivar a associação de torcedores e também manter a arrecadação do quadro social em dia nos próximos meses. A campanha tem como objetivo ajudar o Clube a minimizar os impactos da crise financeira devido a paralisação do futebol durante a pandemia do coronavírus. Os jogadores entraram no clima e decidiram se associar também para ajudar o Inter.

Durante as ações de divulgação da campanha, os jogadores apresentaram interesse em contribuir com clube e criar um elo mais profundo: agora não só como atletas, mas também como sócios. O zagueiro Bruno Fuchs buscou informações e decidiu se tornar colorado de carteirinha. Sua atitude contagiou os colegas Heitor e Nonato que também desejam ajudar o Inter se associando.

A ação dos jogadores se propagou pelo vestiário. Agora mais de 70% do grupo de atletas são sócios do Inter, além de familiares dos aletas. A associação dos jogadores é uma forma de manifestar o carinho e o reconhecimento pelo Inter e pela torcida colorada.

Até os jogadores que recém chegaram ao Clube se engajaram. O meia-atacante Marcos Guilherme, também conhecido por Relâmpago Marquinhos, expandiu o carinho pelo Clube e associou também o seu filho. O camisa 23 comentou sobre a campanha para o site do Internacional: “Temos que dar o exemplo. Temos que ajudar sempre o nosso Inter. Vamos juntos fazer o Clube ainda mais gigante. O grupo está sempre unido e estamos juntos neste momento difícil”.

Outro jogador que se empolgou com a associação foi Thiago Galhardo. O artilheiro do Inter na temporada pretende associar seus familiares também e convocou o torcedor a ajudar o Clube nesse momento: “Dependemos muito do torcedor. Estamos dando nosso exemplo. Me associei, vou associar meus familiares. Queremos estar dentro do Clube. Quero fazer parte disso, não ser somente um atleta. A gente brinca que ninguém pode ficar de fora, tenho certeza que todos jogadores irão se associar”.

Não é primeira vez que jogadores se unem para ajudar o clube. Anteriormente, os atletas procuraram a direção para redução de salário durante a pandemia.

Crédito das fotos: Divulgação SCInternacional

Neymar mira temporada perfeita: “ganhar tudo com PSG e Seleção Brasileira” Cuiabá x Flamengo: Dorival e titulares ficam no Rio de Janeiro visando Copa do Brasil FIFA 23: time de 100k para mitar na primeira Weekend League Os jogadores estrangeiros com mais partidas pelo Flamengo