Presidente do Inter sai em defesa de Edenilson: “É desumano responsabilizar um jogador”

Após Mano Menezes, o presidente Alessandro Barcellos também saiu em defesa de Edenilson após o jogador ser alvo de vaias e xingamentos recentemente.

Em entrevista para o jornalista Jeremias Wernek, o mandatário diz não concordar com as críticas ao camisa 8: “O Edenilson não é responsável pelas derrotas do Inter. O responsável, em última análise, é o presidente. Sou eu que respondo pelas decisões do clube. É desumano responsabilizar um jogador, especificamente um jogador, por resultados.”, disse Barcellos.

Titular no empate em 0 a 0 contra o Bragantino, Edenilson foi o jogador mais cobrado pela torcida presente no Beira-Rio após a partida. O meio-campista foi alvo de vaias e xingamentos. Os torcedores gritaram “Ei, Edenilson, vai tomar no c*.” A relação ficou insustentável após a eliminação para o Melgar na Sul-Americana.

Assim, o jogador pediu para deixar o clube gaúcho na próxima temporada. Desde 2017 no Inter, Edenilson tem vínculo até 2024, mas deve abreviar sua passagem no Beira-Rio. Atlético Mineiro e Flamengo observam a situação do jogador.

Todos os treinadores estrangeiros do Brasileirão 2023 10 jogadores que negociam com o Vasco para a próxima temporada; veja! Alex Sandro de volta? A provável escalação do Brasil para encarar a Croácia Futuro! Os jogadores sub-20 mais valiosos em clubes brasileiros