Liverpool trabalha na sua operação de saída

Getty images

Ontem (21), o Liverpool confirmou a saída de Marko Grujic, que estava emprestado ao Porto e ficará em definitivo em Portugal, e Taiwo Awoniyi, que seguirá carreira no Union Berlin. O nigeriano rendeu 17 milhões de libras ao cofre da entidade inglesa, mas está longe dos 60 milhões de libras que os ingleses pretendem lucrar na janela de transferências.

Segundo o Liverpool Echo, afim de cumprir essa meta, o Liverpool colocou mais nomes para serem vítimas da operação de saída. Esses nomes são o de Nat Phillips; o lateral-direito Neco Williams; o suíço Xherdan Shaqiri; Harry Wilson e Divock Origi.

O objetivo do Liverpool, na verdade, é conseguir o montante de 60 milhões de libras para recrutar mais reforços para a temporada 2021/22. Até agora, os ingleses só contrataram Ibrahima Konaté, que deixou o RB Leipzig por 40 milhões de euros.