Atacante inglês afirma: ‘Se eu visse Cristiano Ronaldo comendo cocô de cavalo, também comeria’

Troy Deeney, atacante do Birmingham, utilizou a sua coluna no jornal The Sun para comentar o efeito de Cristiano Ronaldo no Manchester United. Isto porque, recentemente, o goleiro Lee Grant afirmou que a contratação do português teve efeitos na alimentação do time.

Troy Deeney, atacante do Birmingham, utilizou a sua coluna no jornal The Sun para comentar o efeito de Cristiano Ronaldo no Manchester United. Isto porque, recentemente, o goleiro Lee Grant afirmou que a contratação do português teve efeitos na alimentação do time.

Lee Grant, goleiro do Manchester United, relatou que o elenco deixou de comer sobremesa, em uma das concentrações do time, porque o português também não havia comido. Ainda assim, Troy Deeney considera que deixar de comer sobremesa não basta. “De fato, se eu visse Cristiano Ronaldo comendo cocô de cavalo antes de um jogo, também comeria

“, relatou.

O atacante do Birmingham também falou do exemplo que CR7 pode ser para os colegas. “Se Ronaldo se tornar teu colega de equipe, isso não quer dizer que você vai ficar tão bom quanto ele, mas pode testemunhar o seu profissionalismo de perto e imitar tudo o que ele faz

, de modo a se tornar no melhor possível”, afirmou.

Troy Deeney afirmou também que prefere o português em relação a Lionel Messi. “Se ele aparecesse no treino às 8h00, eu também lá estaria às 8h00. E se ele saísse às 19h00, eu sairia às 19h00. Há grandes nomes no vestiário do Manchester United, mas Ronaldo é a elite da elite. Acredito que estejam todos maravilhados com ele. É um dos maiores jogadores de todos os tempos. O maior que eu já vi. Iria escolhê-lo na frente de Lionel Messi,

se tivesse de fazer uma escolha, devido à forma como ele melhorou, e quase se reinventou como centroavante, e porque se desafiou em tantas ligas diferentes”, completou.

Foto: Imago IMages