Aos 35 anos, Pablo Zabaleta se aposenta do futebol

Natural de Buenos Aires e revelado no San Lorenzo em 2003, Pablo Zabaleta teve sua primeira oportunidade na Europa no Espanyol, em 2005. A passagem na Espanha lhe rendeu três temporadas, com direito a uma Copa do Rei (2005/2006) e destaque no clube catalão que despertou a atenção do então novo rico do velho continente: o Manchester City.

Chegou em 2008 na Inglaterra e se tornou ídolo na história recente do City. Foram 11 anos de Citizens e 6 títulos conquistados, dividindo troféus com outros astros do clube como Yaya Touré, Kun Agüero, Kompany e David Silva. Em 2017, já com Pep Guardiola no comando, o argentino decidiu finalizar sua linda carreira em Manchester e não renovou seu contrato. West Ham foi o destino.

Em Londres foram altos e baixos. Nas três temporadas que atuou nos Hammers, foram 80 partidas e 1 gol marcado. A idade foi avançando e o físico, muito exigido na intensa Premier League, não tinha a mesma performance de 10 anos atrás. Até que neste em 1° de julho o seu contrato se encerrou e tanto o jogador quanto o West Ham não chegaram a um acordo e, com isso, acabou ficando sem clube.

Na seleção Argentina o lateral sempre teve passagens por categorias de base – chegando a vencer o mundial sub-20 em 2005. E foi neste mesmo ano que Zabaleta fez sua estreia pelo profissional na seleção. Conquistou os jogos olímpicos de 2008 e foi vice-campeão da Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

Após 652 partidas, hoje, 16 de outubro, aos 35 anos, Pablo Zabaleta anunciou, em sua rede social, a sua despedida do futebol

Desta forma, a despedida dos gramados traz consigo uma carreira recheada de títulos.

Foto destaque: Getty Images

Resta1

Juan Henrique

Falo de tudo e mais um pouco. Cursando jornalismo