Atlético-MG negocia com Vasco desconto em percentual de venda de Marrony

Marrony já foi vendido para o Midtjylland, da Dinamarca, mas o Atlético-MG ainda tem pendências a resolver sobre a negociação do atleta. O negócio diz respeito ao repasse de dinheiro que o Vasco tem direito, e ambos os clubes tratam, portanto, do assunto.  

O Cruzmaltino tem, por sua vez, direito a 20% dos direitos econômicos do atacante. Além disso, o Volta Redonda tem ainda 6% desse percentual, pois foi o primeiro clube do atleta. O Atlético-MG então discute com o Vasco um desconto nessa parte do valor da venda que o clube carioca tem direito a receber. 

Para o Galo, os 4,5 milhões de euros, equivalentes a R$ 27, 8 milhões, estão aquém do que pretendiam lucrar com Marrony. Logo, negociam um pequeno desconto do percentual que o time da colina tem direito. Entretanto, as discussões são apenas para acertar os valores. Pois pôr a mão no dinheiro está longe de acontecer, uma vez que o montante da venda ainda não caiu na conta do Atlético-MG. 

Assim, o Galo receberá 3 milhões de euros, isto é, R$ 18,5 milhões e mais uma parcela de 1,5 milhão de euros, R$ 9,3 milhões, em 2022. O Vasco teria, portanto, direito a R$ 3,7 milhões, sendo R$ 2,6 milhões agora e R$ 1,3 milhão em 2022. 

(Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)