Cuidando do seu maior ‘patrimônio’, Santos renova com irmãos das categorias de base

Não é atoa que o Santos é o maior revelador de talentos do futebol brasileiro. Mantendo a escrita, a diretoria trabalha sempre com os olhos voltados aos novos talentos que surgem, e nesta sexta-feira, o presidente Andres Rueda assinou contrato com os irmãos Kauan B asile de 9 anos e Lucas Yan, de 15 anos. Ambos foram representados pelos pais, Tatiana e o ex-jogador Andrezinho.

Volante e capitão do Sub-15, Lucas Yan renovou seu contrato de formação, enquanto seu irmão, que joga no Sub-11, assinou também seu plano de carreira, que alinha condições do primeiro vínculo de iniciação esportiva, contrato de formação e profissional. Segundo Andres Rueda, além de fortalecer a base, a preocupação também estar em preparar os jovens para o futuro. “Nosso objetivo é investir e fortalecer a base, oferecer aos atletas uma estrutura digna e complementos como aulas de idioma, tecnologia, preparando-os para o futuro”.

Rueda também demonstrou felicidade em sacramentar o vínculo com ambos, e afirmou o desejo de ‘construir história’ no Santos. “Estou feliz em fazer seu primeiro contrato. Agora queremos ver vocês construindo suas histórias e nos ajudando a ganhar títulos. Importante que eles têm família estruturada, pensam no futuro e queremos ver esses meninos felizes, jogando bem, evoluindo”.

O pai dos garotos também demonstrou a satisfação e salientou a importância de fazer carreira no Santos. “É inexplicável o que está acontecendo e só temos de agradecer a Deus. Eu e minha esposa batalhamos bastante para estar aqui e acreditamos que o Santos seria o lugar certo para eles chegarem ao profissional, formados e tendo oportunidades que merecem. É um orgulho muito grande estar aqui”.

Para a mãe, assinar o contrato dos seus filhos, é a realização de um sonho para as crianças. “É um sonho, carreira de jogador não é fácil. Santos é um lugar que respira futebol e esse clube sempre foi maravilhoso desde que eles chegaram aqui, desde o mais velho até o nosso pequeno. Nos receberam muito bem e um clube que realmente motiva o jogador, que faz realizar seus sonhos”.

Também expressando felicidade pelo vínculo, as crianças mostraram motivação ao sonho realizado. ““Muito feliz, sei da luta da minha família, meus pais me ajudam e quero continuar aqui até o profissional. Estou aqui desde os seis anos”, comentou o mais novo. “Estou muito feliz e motivado, porque é um sonho que todos querem ter, de estar no Santos. Quero muito chegar ao profissional e no Santos sabemos que é mais fácil, porque valorizam a base, já tem a história dos Meninos da Vila e estou seguindo para isso”, afirmou Lucas, também agradecendo os pais. “Eles sempre nos incentivaram e vamos seguir juntos nesse sonho”.

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)