Maradona pode ser técnico da Seleção da Espanha?

O ex-jogador, ídolo maior da Seleção Argentina e há alguns anos, técnico de futebol, voltou aos holofotes do futebol mundial de uma forma bombástica. Em uma entrevista a emissora de TV catalã Betevé, o pré-candidato à presidência da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF), afirmou ‘com todas as letras’ que, se eleito, nas eleições que acontecerão no mês de agosto, fará o convite a Maradona.

Conforme a matéria exibida na emissora Betevê, o acerto já estaria pronto entre ambas as partes e, Maradona teria um contrato de 2 anos, e seria o treinador da “Fúria” na Copa do Catar, em caso de classificação da seleção. O intermediário das negociações teria sido Roberto Trotta, ex-integrante da Seleção Argentina e Matias Moria, advogado que cuida dos interesses de Maradona.

Depois do fiasco em 2018 na Copa da Rússia, quando a seleção da Espanha teve troca de treinador poucos dias antes da competição, a ideia e ter um planejamento para melhorar a imagem do time. Para Maradona, esta não seria sua primeira experiência à frente de seleções. Diego Maradona já dirigiu a Seleção Argentina em 2010, na Copa da África do Sul, quando foi nas quartas de final, para a Alemanha. Atualmente, o ídolo argentino está comandando o Gimnasia La Plata, da primeira divisão argentina.

(Foto: ALEJANDRO PAGNI / AFP)

Resta1