PSG prioriza Neymar, mas está de olho em Dembélé

Nos últimos dias, o PSG tem trabalhado muito para poder renovar e manter Neymar, o principal jogador da equipe desde 2017, quando trocou o Barcelona pelo clube. Sendo assim, dias atrás, ficou do conhecimento de todos que a renovação até 2026 com o clube parisiense estava muito bem encaminhada. No entanto, a assinatura está demorando mais do que o esperado e o burburinho começou. 

Nesse sentido, paralelamente, voltou a ser associado ao FC Barcelona e voltou a estrelar outra polêmica, pela sua expulsão contra o Lille. Além disso, quase chegou a vias de fato contra o atleta rival no caminho para o vestiário. Além disso, de acordo com o “L’Équipe”, a atitude do brasileiro não caiu nada bem no vestiário da equipe francesa. Assim, não é a primeira vez que Ney é expulso na reta final de uma partida por impotência. 

Pelo contrário, já é a quarta vez que isso acontece: duas contra o Marselha, uma contra o Girondins de Bordeaux e a última contra o Lille. Uma das causas dessas expulsões, segundo o jornal francês, seria a frustração de não encontrar as melhores sensações quando regressa após uma parar por semanas devido a lesão.

A figura de Dembélé cresce sobre Neymar

Sendo assim, internamente, consideram que caso Neymar não assine sua renovação contratual, estão vendo com bons olhos uma troca com Ousman Dembélé, do Barcelona. Nesse contexto, aos 23 anos, o jogador do Barça está melhorando sua imagem nas últimas semanas, tanto no Barça, onde Koeman o colocou com sucesso como ‘9’, e na seleção francesa. Sendo assim, o clube Blaugrana está trabalhando com a ideia de renovar com ele.

Dessa forma, Dembélé também prioriza uma renovação com o Barcelona. No entanto, caso se complique, sua saída no próximo verão europeu não está descartada, sem ser a prioridade, por uma questão de lógica de negócios: ao invés de vê-lo sair de graça em um ano, melhor conseguir um retorno. Nesse sentido, uma troca com Neymar não seria vista como uma alternativa ruim. 

Por fim, diz-se do brasileiro em Camp Nou que agora não há dinheiro para pagar por ele. Assim sendo, caso ele queira alguma coisa, estará de graça em 2022 ou com alguma troca. O que está claro em Barcelona é que Antoine Griezmann, outro jogador de futebol regularmente vinculado ao PSG, não deseja ingressar no clube francês.