Felipe Alves comemora retorno aos gramados e comenta sobre as expectativas de Operário-MT na Série D

Foto: Operário-MT.

Aos 31 anos, o atacante com passagem por vários clubes importantes aos poucos vai retornando aos gramados após um período convivendo com lesão:

“A minha situação foi a seguinte: em Uberaba tive uma lesão no joelho, rescindi e fui para São Paulo. Chegando no especialista foi constatado uma condropatia. Depois de me recuperar um conhecido da época de Boa Esporte colocou em contato com os diretores da Operário, mesmo com a possibilidade de retornar a Portuguesa Santista aceitei o desafio”.

Apesar de já ter atuado no futebol de Mato Grosso, a readaptação não foi fácil, mas ele acredita que isso passou:

“A minha última passagem aqui em 2015 já era quente. A primeira semana no retorno foi difícil nos treinos, pois tive muito cansaço e tive que me hidratar bem. Agora estou treinando muito e a ideia é chegar no ápice da condição física para ter a oportunidade e não sair mais do time. Respeito os companheiros e por isso mostro garra e motivação”.

Sobre o elenco, apontou que vão disputar forte em busca do acesso: “O Operário perdeu vários jogadores, mas muitos atletas experientes vieram, uma mescla importante para Série D. Mesmo que o treinador seja novo, é uma pessoa de grande potencial que não se omite e coloca para frente quando preciso. A diretoria junto com o treinador trouxeram um volante e um goleiro, o que eu sei o grupo vai ser esse, apesar de ser enxuto foi o escolhido”.

Ao ser ponderado sobre os torcedores, ele acredita que serão fundamentais na caminhada dentro da competição:

“A torcida é aguerrida, vibra e comemora. Fica juntos em busca da vitória e eu tenho certeza que ela vai nos ajudar, colocando para cima quando estiver precisando. A diretoria afirma que são 14 jogos de luxo, pois o intuito é a Copa FMF. Porém, a Série D é um cenário nacional e para nós é seguir em frente em busca de ir o mais longe possível”.

O Grupo 5 é composto dos favoritos Brasiliense e Ceilândia, ambos finalistas do Campeonato Candango, além dos goianos Anápolis (empatou ontem com o Operário), Iporá (foi derrotado na estreia) e Grêmio Anápolis.

Finalizando o Ação que foi rebaixado para à segunda divisão do Mato Grosso e o Costa Rica-MS são os adversários da agremiação de Várzea Grande. Na próxima rodada, o time vai ao Distrito Federal em busca de pontos.

Salah e Marquinhos são destaques na seleção da semana do FIFA 23 Neymar cada vez mais próximo de marca histórica pela Seleção Brasileira Os pilotos com mais vitórias pela Willians na história da Fórmula 1 Verstappen pode conquistar o bicampeonato mundial de F1 em Cingapura; entenda