NetBet lança NetCast, um podcast para fãs de futebol e apostas com convidados

Neste final de outubro, a casa de apostas esportivas NetBet anunciou o seu novo projeto de podcast sobre o tema. Produzido e gravado nos estúdios da empresa, o NetCast será um palco de discussões sobre apostas esportivas e futebol, que serão feitas de forma divertida e descontraída, em formato de bate-papo. A conversa mescla aquelas análises tradicionais sobre jogos e clubes e bom humor, além de trazer dicas para apostar com segurança. 

O programa irá contar com convidados vindos diretamente do meio futebolístico, jornalistas e jogadores renomados – tudo isso para não faltar assunto. A iniciativa da NetBet busca trazer e popularizar a temática no âmbito dos podcasts, onde a demanda e oferta são reprimidas, além de trazer mais conhecimento para palpiteiros e fãs do esporte.

Estrutura do NetCast

O NetCast contará com dois apresentadores: o jornalista e narrador esportivo Marco Couto, que está no ramo há mais de três décadas, e Matheus Ramires, especialista em apostas esportivas, consultor de empresas e sócio da empresa de assessoria de imagem, Capitân. Além disso, o diretor de rádio e assessor empresarial Giovani Dias também fará parte da equipe.

O futuro host do podcast, Matheus Ramires, comentou sobre o projeto em questão: “O NetCast tem tudo pra ser a união entre uma boa resenha com histórias de bastidores com análises do que acontece no futebol nacional e internacional, com muito bom humor e paixão pelo esporte e apostas”. Marco Couto também descreve como será a empreitada: “Um podcast dinâmico, ágil e apaixonante, que me dá uma sensação de velocidade no processar e levar a informação”. Já Giovani destaca: “O NetCast deve preencher uma lacuna dos bate papos esportivos, muita resenha e histórias que ninguém tem coragem de contar, análise de campeonatos importantes do mundo da bola, mas o que tentaremos levar sempre é a diversão com conteúdo”.

O programa ocorrerá semanalmente nas redes sociais da empresa, e os fãs de esporte e palpites também podem acessar o confiável.com para encontrar ainda mais opções de apostas com bônus de cadastro e escolher a sua casa de jogatina virtual de maneira segura e consciente. Além de listar todos os sites que oferecem bônus de boas-vindas para nov os jogadores, os analistas do confiável.com avaliam detalhadamente cada plataforma, oferecendo todas as informações relevantes para quem busca lucrar nesse mundo. 

Patrocinadoras de peso

As plataformas de jogatina movimentam cerca de R$12 bilhões por ano no Brasil atualmente e vêm investindo no setor mais fervoroso do esporte brasileiro: o futebol. Por exemplo, é fácil perceber a influência dessas empresas quando vemos que, dos 20 clubes da Série A, apenas um deles, o Cuiabá, não é patrocinado por uma casa de jogatina. Nas outras divisões, inúmeros times recebem esse tipo de patrocínio. 

Segundo Fábio Wolff, sócio-diretor da Wolff Sports e professor de Gestão e Marketing Esportivo, a lei 13.756, sancionada em 2018, que rege as apostas esportivas, vem fomentando intensas discussões a respeito do tema. Por aqui, “desde 2019 as empresas de apostas começaram, de fato, a movimentar o mercado de patrocínios no futebol brasileiro por intermédio de investimentos de marketing em clubes de futebol, direitos de arena (placas de campo), prismas, leds e tapetes 3D. E patrocinando também competições”, diz Wolff. Tais companhias querem, com isso, expor a sua marca e criar “brand awareness”, se fixando na mente do consumidor. 

E os Fan Tokens?

Outro segmento que também vem impulsionando o futebol brasileiro e o utilizando para se impulsionar é o de Fan Tokens

. Esses ativos digitais colecionáveis são como criptomoedas, já que são cunhados em uma blockchain. Porém, os donos de Fan Tokens de determinados times têm o direito de participar de votações, promoções, competições, e outras atividades relativas ao clube em questão. 

Parte do dinheiro da venda de Fan Tokens ajuda as finanças do clube. Um exemplo é o $MENGO, Fan Token do Flamengo que permitiu aos seus donos escolherem as mensagens motivacionais que estampadas no vestiário e as músicas do aquecimento dos jogadores em dia de jogo. O Corinthians e Atlético Mineiro também entraram nesse negócio por aqui, enquanto no exterior, alguns times que vendem tokens são o Paris Saint-Germain, Milan, Juventus, entre outros.

As maiores decepções no início dos estaduais 8 jogos imperdíveis para curtir neste fim de semana! Saiba tudo sobre o UFL, novo game de futebol rival de FIFA e PES Os jogadores mais valiosos do futebol brasileiro