Entrevista com o meia-atacante Jean Lucas, do Inter de Lages-SC

Jean Lucas Figueiredo nasceu no dia 21 de março de 1995 na cidade de Curitiba-PR. Foi revelado pelo Coritiba e possui passagens por Paraná e Boa Vista-RJ. Atualmente está no Inter de Lages-SC. Conhecido e reconhecido pela habilidade e rapidez 

 

1- Fostes revelado no Coritiba. Quais foram os principais ensinamentos da época de base? Por qual motivo não conseguistes ir para o profissional e renovar o contrato com o Coxa? O time possuis chance de retornar à Série A do Brasileiro neste ano?

R: Sim fiz toda minha formação no Coritiba, não renovei meu contrato na época trocou a direção e acabou não dando a certo a renovação, sim acho que o clube tem muitas chances de subir pela história que tem não pode ficar na segunda divisão.

Imagem: Coritiba FC.

 

2- Atuou pelo Boa Vista e pelo Prudentópolis-PR. Quais foram os principais momentos nestes clubes? Quais as principais virtudes do futebol no interior carioca e paranaense? O fato de ter nascido no Paraná facilita na escolha de ficar no estado? Conte-nos um pouco mais sobre o Prudentópolis e sua história?

R: Boa Vista, joguei a Copa Rio fiz um bom trabalho, mas acabou não dando certo de ficar por Carioca, no Prudentópolis tive grande momento fazendo gol contra o Atlético dando a vitória a equipe e fizemos umas das melhores campanhas do clube no estadual foi muito bom para todos, as virtudes do carioca é a qualidade técnica dos jogadores é muito boa, no Paraná é mais força um futebol mais disputado de contato, sim é muito bom você jogar na sua cidade, porém é sempre bom você sair viver outra cultura conhecer algo novo.

 

3- Chegou no Paraná no ano passado e participou do acesso no clube. Como foi para você fazer parte de um elenco que subiu à primeira divisão? O seu desejo é se destacar e retornar ao clube algum dia? Como analisas o desenvolvimento do elenco e a briga para permanecer na Série A neste ano?

R: Sim cheguei no Paraná no ano passado foi algo muito bom pra mim, tive a oportunidade de ir para jogos da Série B, e conseguimos oceano depois de 10 anos foi algo muito bom ver o clube como o Paraná voltando a elite, a torcida gigante que tem, voltando aquele sentimento, sim penso em votar ao clube e ter outra oportunidade, o elenco está muito forte creio que vai permanecer na Série A.

 

4- Está atualmente no Inter de Lages-SC. Como analisas a cidade de Lages em específico? Se destacou em alguma rodadas do Catarinense, isso fazia parte dos seus planos? Pretendes permanecer no clube no segundo semestre ou existe outras possibilidades? Poderia nos dizer se este é o melhor momento de sua carreira?

R: Lages é uma cidade muito boa o clube é muito querido por todos, sim minha intenção era vim ajudar o time a permanecer na Série A do estadual é assim fazendo um bom trabalho voltar para o Paraná, ainda não sei meu empresário está resolvendo essas situações, é o meu melhor momento como profissional fazendo bom jogos mantendo uma regularidade e ajudando a equipe nos jogos.

 

5- Na hora de escolher um clube novo para defender, você pensa primeiramente no projeto mostrado pelo clube ou no salário que o time está oferecendo? Fale sobre a valorização dos salários no mercado brasileiro?

R: Sim, penso muito no projeto mostrado é sempre confiando nas pessoas que agenciam minha carreira fazemos a escolha juntos.

Imagem: Paraná Clube.

 

6- Ainda não atuou no futebol das regiões Nordeste, Centro-Oeste e Norte. Teria alguma vontade de se aventurar nesses lugares? O que poderia ser retirado desses centros para melhoria sua como jogador? Se pudesse escolher um clube, iria para qual e a motivação disso?

R: Sim, tenho vontade de atual nessas regiões gosto da torcida a paixão que eles têm pelos clubes acho muito bacana, gosto muito do Bahia pela cidade e a grandeza do clube.

 

7- O meia-atacante é uma posição indefinida, pois as vezes atua de uma forma (sendo o camisa 10), outra hora atua como artilheiro (sendo o camisa 9). O que você pode aconselhar a nova geração de meia-atacantes que está se formando no país? Como é viver em constante transição em campo? Prefere atuar como meia ou como atacante?

R: Sim, jogo como meia centralizado e gosto de jogar pelos lados do campo me sinto bem nessas posições, hoje em dia o futebol está muito dinâmico mais força física, acho que mudou muito.

 

8- Uma mensagem para os colunistas e leitores do site mercadodofutebol.com?

R: Fala rapaziada da Mercado do Futebol, aqui é o Jean Lucas jogador do Paraná, emprestado ao Inter de Lages, queria agradecer pela oportunidade de falar um pouco da minha carreira e também vocês conhecerem um pouco, tamo junto Deus abençoe.

Imagem: Inter de Lages-SC.

 

 

 

 

 

Qual o motor que cada equipe da Fórmula 1 vai usar em 2023 Relembre os melhores jogadores do Mundial de Clubes da FIFA na última década Aniversariantes! Veja recordes de Cristiano Ronaldo e Neymar Rival do Flamengo! Quais os remanescentes do Al-Hilal de 2019?