Na pressão, Londrina vence o Operário-PR!

Na tarde deste Sábado(12), no estádio Germano Krüger o Londrina venceu o Operário pela 9ª rodada do campeonato paranaense. As duas equipes,  pressionadas pelas posições na tabela não fizeram um grande jogo. O LEC, a dois jogos sem vencer e o Fantasma na última posição da tabela criaram poucas oportunidades de gol na primeira etapa, dando pouco trabalho aos goleiros Marcelo e Juninho.

O jogo que começou morno ganhou fôlego logo após o apito inicial da segunda etapa. Aos 3 minutos, em jogada de bola parada, o que vem sendo uma arma poderosa do Tubarão, o zagueiro Silvio abre o placar. O Operário, atual campeão paranaense se via numa situação complicada,  e teve de ir para o tudo ou nada, deixando o jogo aberto para o Londrina nos contra-ataques. As equipes melhoraram o toque de bola e o jogo ganhou velocidade. Leílson que substituiu Zé Rafael, entrou bem na segunda etapa e também deu mais velocidade ao jogo. O Fantasma tentou esboçar uma reação no final da partida, mas acabou parando na marcação efetiva do time do Londrina.

O técnico Cláudio Tencati se mostrou satisfeito com a vitória, porém ressaltou falta de equilíbrio no jogo.

– O time foi equilibrado em campo. Faltou muito no primeiro tempo para trabalhar a bola e ter mais movimentação pelas laterais. Esse equilíbrio que eu quero achar com a equipe ainda, completou o comandante.

O Londrina fica na 5ª posição com 11 pontos e volta a jogar nesta quarta-feira no Pará, pela Copa do Brasil contra o Parauapebas. No domingo(20), enfrenta o Maringá, pela 10ª rodada do Paranaense.

Já o Operário de Ponta Grossa continua na lanterna do campeonato, com 5 pontos e volta a jogar no Domingo contra o FC Cascavel na casa do adversário.

 

OPERÁRIO X LONDRINA

OPERÁRIO: Juninho, Alessandro(Rafinha), Douglas Mendes e Juan Sosa; Peixoto, Fredson Baiano(Marco Perovic) e Lucas; Serginho Paulista, Thiago Silva(Zé Paulo), Reinaldo e Juba. Técnico: Claudemir Sturion

LONDRINA: Marcelo Rangel, Raí Ramos, Silvio, Luizão, Paulinho e Bidía; Germano, Netinho(Rafael Gava), Zé Rafael(Leilson), Paulinho Moccelin(Diogo Roque) e Bruno Batata. Técnico: Cláudio Tencati

Flamengo x Palmeiras entra em ranking de maiores rendas do futebol brasileiro; veja o top 10 Volta por cima? Criticado na Copa do Mundo, Fred vive boa fase no United Freguesia? Vítor Pereira não venceu confrontos com Abel Ferreira no futebol brasileiro Os jogadores em atividade com mais gols pelo Palmeiras