Acusado de agressão, Dudu treina separado no Palmeiras

Recentemente acusado de agressão, Dudu se reapresentou ao Palmeiras, na última segunda-feira (29), assim como todo elenco. No entanto, diferente dos companheiros, Dudu treinou pela manhã, para que pudesse resolver assuntos pessoais na parte da tarde.

Observados pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, o restante do elenco realizou atividades físicas e o atacante foi autorizado pela diretoria à realizar o treinamento na parte da manhã, que foi solicitado pelo próprio jogador. Após tomar conhecimento do interesse do Al Duhail, do Catar, o jogador manifestou o desejo de deixar o clube. A proposta gira em torno de 3 milhões de euros (cerca de R$ 80 milhões), podendo, com bônus, chegar a 15 milhões de euros.

No entanto, dias depois de manifestar o desejo de deixar o país, Dudu sofreu sérias acusações. Mallu Ohana, ex-esposa do jogador, acusou o atacante de agressão. Após a denuncia, o jogador compareceu à delegacia para prestar depoimento. Diante do fato de que estão sendo realizados apenas treinos físicos, a diretoria palmeirense não viu problemas em autorizar o jogador a treinar na Academia pela manhã, fato que ocorreu, novamente, nesta terça-feira (30). As atividades com bola serão iniciadas na quarta-feira.

Realizando treinamentos pela manhã, Dudu teria o período da tarde livre para resolver questões de sua eventual transferência ao Al Duhail, além de cumprir eventuais solicitações da justiça, diante da acusação por ter, supostamente, cometido agressão à ex-esposa Mallu Ohana.

Foto de capa: Cesar Greco/Palmeiras