Católica-CHI x Palmeiras: onde assistir, arbitragem, escalações e mais; confira

Foto: Julio Filho/Gazeta do Povo. Estádio San Carlos de Apoquindo, palco do jogo.

Universidad Católica do Chile e Palmeiras se enfrentam nesta quarta-feira (14), às 19h15, no San Carlos de Apoquindo, em Santiago. Trata-se do jogo de ida das oitavas de final da Libertadores d a América. A volta será semana que vem, no Allianz Parque.

Onde assistir

A transmissão será exclusiva da TV Conmebol. A assinatura custa R$ 39,90 por mês.

Canal na Claro-Net: 711.

Canal na Sky: 620.

Desempenho na competição

O Palestra teve a segunda melhor campanha da fase de grupos, com 15 pontos: cinco vitórias e uma derrota.

Já a Católica somou nove tentos, com três vitórias e três derrotas.

Escalações

A equipe chilena perdeu o goleiro titular desde 2018. Matías Dituro foi emprestado ao Celta de Vigo-ESP.

Contudo, Marcelino Nuñez, Clemente Montes e Diego Valencia voltam da disputa da Copa América. Recuperados de lesão, Puch e Tapia também retornam.

A provável Universidad Católica: Sebástian Pérez; Nuñez, Ampuero, Huerta e Comejo; Gutiérrez, Silva e Aued; Puch, Valencia e Zampedri. Técnico: Gustavo Poyet.

No lado alviverde, Abel Ferreira não contará com Rony, com lesão no adutor da coxa esquerda. O clube não divulgou o prazo de recuperação do atacante. Ele saiu de campo com dores diante do Grêmio, no meio de semana passado.

Além dele, Luiz Adriano, com edema no joelho direito, e Gabriel Menino, que participará das Olimpíadas, também são desfalques.

Porém, Gabriel Veron foi relacionado após quatro meses ausente. O jovem tem dois jogos na temporada.

Weverton e Lucas Esteves foram reintegrados ao elenco. Ambos estavam à disposição do treinador Tite na Seleção Brasileira. Luan retorna depois de ser poupado contra o Santos, no último sábado.

Um possível Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Luan, Gustavo Gómez e Viña; Danilo, Zé Rafael e Gustavo Scarpa; Raphael Veiga; Deyverson e Breno Lopes. 

Técnico: Abel Ferreira.

Vale lembrar que a suspensão do português só é válida para torneios da CBF. Assim, ele pode estar à beira do campo na Libertadores, organizada pela Conmebol.

Arbitragem

Árbitro central: Andrés Matonte (Uruguai).

Assistentes: Carlos Barreiro (Uruguai) e Andrés Nievas (Uruguai).

VAR: Carlos Benítez (Paraguai).