Milan cresce o olho, e Palmeiras mantém pedida de R$ 172.7 milhões por Viña

O Milan voltou a despertar o interesse em Matias Viña, isso porque desde que o uruguaio acertou sua transferência para o Palmeiras, em janeiro de 2020, vem sendo monitorado pelos clube italiano. Porém, segundo o portal “CalcioMercato“, o Verdão subiu o valor e pode ‘espantar’ as pretensões do Milan.

A informação é de que, para tentar blindar uma possível saída do jogador, Palmeiras elevou o preço para 27 milhões de euros (R$ 172.7 milhões). Viña está em uma lista de contratações do Milan, que também contam com nomes como Junior Firpo, do Barcelona, e Hysaj, do Napoli, para alternativas pra lateral. A informação é do portal Torcedores.com.

Porém o jogador do alviverde é prioridare, pois para os italianos, Viña tem características semelhantes ao do titular Theo Hernández. Com isso, uma contratação de Viña ajudaria a manter a qualidade e o estilo de jogo do Milan.

O uruguaio tem contrato até 2024. E a cada janela de transferências tem seu nome ligado a times da Europa, porém com o alto valor, acaba tirando um pouco o interesse dos clubes.

O lateral, em entrevista concedida há pouco tempo para a rádio “Sport 890”, comentou sobre qual lugar da Europa desperta sua vontade de atuar:

“Pela intensidade que tem, adoro a Liga Inglesa, é um futebol que gosto muito de ver… Aprendi muito e continuo a aprender, não cheguei ao meu auge, acho que posso continuar a crescer, sou jovem. Cresci muito este ano, no ataque e na defesa, e estou feliz com o meu crescimento pessoal. Estar aqui não é fácil, o Campeonato Brasileiro é dinâmico e dá muita importância aos laterais. Então, isso me ajuda a crescer ”, revelou o camisa 17 do Palestra.

Foto: César Greco/Palmeiras

FIFA 23: time inicial da Liga Italiana para o Ultimate Team FIFA 23: dica de time inicial com jogadores brasileiros LIBERTA? Veja as notas dos jogadores do Botafogo no confronto contra o Goiás, pelo Brasileirão Mais líder do que nunca! Veja as notas dos jogadores do Palmeiras contra o Atlético-MG