Palmeiras encaminha liberação de Felipe Melo para final da Libertadores após confusão no Uruguai

O Palmeiras começou os trabalhos para resolver a situação de Felipe Melo com a Justíça do Uruguai. A intenção é contar com o jogador diante do Flamengo na final da Libertadores. Em 2017, o volante foi intimado a depor por causa da confusão generalizada após um jogo contra o Peñarol, no Estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu.

Porém, acabou não comparecendo. Segundo o ge, o Palmeiras contratou um advogado no Uruguai para acompanhar o caso de perto e agilizar o processo. Vale lembrar que o Ministério Público do Uruguai havia pedido a detenção de Felipe Melo apenas para prestar esclarecimento, como fez com jogadores do Peñarol.

Na época, a promotora Gabriela Fossati, do Ministério Público do Uruguai, solicitou à Justiça local que o volante fosse detido caso retornasse ao país. Desde então, o Palmeiras não enfrentou nenhum time uruguaio. Assim, o retorno do jogador ao país deve acontecer pela primeira vez justamente na final da Libertadores.

Por fim, pela confusão, a Conmebol distribuiu sanções aos envolvidos. Felipe Melo foi inicialmente suspenso por seis partidas, mas a pena acabou sendo reduzida para três, além de uma multa de R$ 16 mil aplicada ao clube. Envolvidos na briga pelo lado do Peñarol, Matías Mier, Lucas Hernández e Nahitan Nández levaram cinco jogos de gancho.

Por onde andam os jogadores do São Paulo na final da Sul-Americana de 2012 FIFA 23: time inicial da Liga Italiana para o Ultimate Team FIFA 23: dica de time inicial com jogadores brasileiros LIBERTA? Veja as notas dos jogadores do Botafogo no confronto contra o Goiás, pelo Brasileirão