Palmeiras fecha primeiros oito meses de 2021 com superávit milionário

(Foto: Cesar Greco | Ag. Palmeiras)

Depois de apresentar números de julho com déficit, Palmeiras fecha agosto no azul após aumento nas receitas

O Palmeiras apresentou ao COF, Conselho de Orientação e Fiscalização do clube, as contas referente aos meses de julho e agosto de 2021. Considerando o acumulado dos oito primeiros meses do ano, o Verdão apresenta saldo positivo de R$76,1 milhões.

Mesmo tendo fechado julho com déficit de R$5,1 milhões, o COF aprovou os balancetes com 14 votos e uma abstenção, principalmente pela considerável melhora em agosto e superávit de R$20,6 milhões.

Dentre os motivos que contribuíram para esse aumento nas receitas do clube, o departamento de futebol foi o principal responsável (R$25,8 milhões de superávit). O bônus pela classificação à semifinal da Libertadores (aproximadamente R$8 milhões) e a venda do lateral esquerdo Matías Viña para a Roma (R$45, milhões), foram os principais ganhos neste período.

O principal objetivo de Maurício Galiotte, atual presidente do Palmeiras, é terminar sua gestão, ao final deste ano, com as finanças sob controle e com o clube no azul. Devido a pandemia do corona vírus, o Verdão fechou a temporada de 2020 com um prejuízo de R$151 milhões.