Paraná Clube: Pressão dentro e fora dos gramados

Time está sem vencer há 3 rodadas, torcida pede “raça” para jogadores. Fora das quatro linhas a pressão é para a demissão do técnico.

Nos últimos 10 jogos o Paraná somou apenas 12 pontos dos 30 disputados. Foram 2 vitórias, 2 derrotas e 6 empates. Dentro de casa a vitória não está vindo, a última foi na 9ª rodada, lá em Julho, contra o Bragantino.

No último jogo (25), frente a Ponte Preta, em casa, os torcedores até pensaram que a vitória viria e toda essa “zika” iria embora, já que o time estava ganhando de 1×0, mas aos 47′ do segundo tempo o time paulista chegou ao gol, cravando mais um empate na Vila Capanema.

Se dentro do campo os resultados não estão vindo e o time está se sentindo pressionado, fora não está sendo muito diferente para a diretoria paranista. Parte da torcida protesta e pede a saída imediata do técnico Matheus Costa, que comandou o Paraná Clube em 2017, quando o time subiu.

Na coletiva após o último jogo, o presidente Leonardo Oliveira garantiu que o Matheus Costa se mantém no comando até o final da temporada, que o Paraná lutará pelo acesso com ele.

Contratações

Só em setembro foram seis contratações:

  • Rodrigo Oliveira, volante de 25 anos que tem passagens por Palmeiras, Sport, Atlético-GO, Juventude-RS e Tombense-MG.
  • Marquinhos, meio campista de 22 anos que já defendeu Botafogo-PB, Vitória-BA e Tombense-MG.
  • Guilherme Nunes, volante de 21 anos que acumula várias convocações para seleções de base, chega de empréstimo do Santos.
  • Judivan, atacante de 24 anos que tem passagens pelo Cruzeiro-MG, América-MG, CSA-AL, e Tombense-MG.
  • Vitinho, meio campista já passou por seis clubes, sendo seu último o Bragantino-SP.
  • Pimentinha foi o último anunciado. O atacante de 31 anos já passou por diversos clubes, o último foi o Paysandu-PA.

Ao final da 25ª rodada o tricolor se mantém na 10ª posição, com 34 pontos, apenas 3 atrás do primeiro time dentro do G4.

1 Bragantino-SP 48
2 Atlético-GO 42
3 Sport Recife 41
4 CRB 37
5 Botago-SP 36
6 Opérário 36
7 Cuiabá 35
8 América-MG 35
9 Coritiba 34
10 Paraná 34

O próximo jogo é nesse sábado (28), às 19 h, contra o Oeste, fora de casa. Depois dessa partida será a vez de encarar o seu rival Coritiba, na Vila Capanema, concorrente direto.

Resta1

One thought on “Paraná Clube: Pressão dentro e fora dos gramados

  • 26 de setembro de 2019 em 17:39
    Permalink

    15 rodadas sem vitória? Como assim? Que conta é essa?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.