Raphinha sai machucado em empate do Leeds, mas descarta lesão grave

Foto: Getty Images

Grande destaque da seleção brasileira nas últimas rodadas das Eliminatórias, o atacante Raphinha neste final de semana não marcou no empate do Leeds United diante do Wolverhampton, mas levou torcedores dos Whites e da Canarinho a se preocuparem.

Próximos dos oito minutos da segunda etapa o camisa 10 sofreu uma forte entrada do zagueiro Romain Saiss, que levou um cartão amarelo. O brasileiro de 24 anos se contorceu no gramado em dores e deixou o campo carregado pelos médicos do Leeds sem conseguir apoiar o pé esquerdo no chão.

Apesar das dores, Raphinha após a partida fez questão de aliviar os torcedores e revelou sua situação: “Fala, pessoal. Só passando para dizer que estou bem, não foi nada de grave. Logo estou de volta. Obrigado pelo carinho e preocupação de todos”.

Além disso, o jogador catucou a decisão do juiz em dar o cartão amarelo ao defensor. “Os melhores árbitros estão na Premier”, escreveu ele, com um vídeo do lance. O diagnóstico da lesão ainda não foi divulgado até o momento e é esperada a avaliação dos médicos do clube, uma vez que ainda passará por exames.

Uma possível contusão de Raphinha gera preocupação para Tite e a seleção brasileira. O ponta teve participação decisiva nos últimos confrontos das Eliminatórias ao marcar dois gols e duas assistências. Muito provavelmente ele seria nome certo na próxima lista de convocação do treinador, no qual já será na próxima sexta-feira, para os jogos contra Colômbia, no dia 11 de novembro, e Argentina, no dia 16.