|

Sem aspirações, United recebe Cardiff em fechamento da temporada

A temporada melancólica do Manchester United chega ao fim neste domingo (12), as 11h horas, quando o time recebe o Cardiff em Old Trafford pela última rodada da Premier League 2018/19. Com o United garantido na Liga Europa e enfrentando um rival já rebaixado, o jogo deverá ter várias caras novas, que pouco jogaram na atual temporada, recebendo oportunidades.

Na coletiva desta sexta-feira, o técnico dos Red Devils, Ole Gunnar Solskjaer, falou muito em despedidas e chegadas para a próxima temporada. O jogo em si, como esperado, ficou em segundo plano. Ole apenas confirmou que Valencia se disse apto para voltar a atuar após um longo período afastado por lesão e pode jogar. Após 10 temporada no clube, o futuro do equatoriano de 33 anos ainda é incerto e seu contrato termina no fim desta temporada.

Contra o Cardiff, o capitão poderá fazer sua despedida da torcida. Outros que tem contrato chegando ao fim e tem futuro incerto são os espanhóis Ander Herrera e Juan Mata. Herrera é fortemente ligado ao PSG, onde deve jogar na próxima temporada. Falando sobre isso, Solskjaer foi enfático: “Ele mesmo vai anunciar onde vai jogar na próxima tempoda”, disse o técnico. Sobre Mata, OGS disse recentemente que espera contar com ele na próxima temporada.

Sobre chegadas, Solskjaer não revelou muita coisa, mas disse que já identificou os jogadores que podem se encaixar no clube e espera conseguir traze-los. Daniel James, winger do Swansea, é um dos nomes fortemente ligados ao clube. Quando questionado sobre último jogo de alguns atletas, o treinador dos Red Devils foi vago e deixou o destino dos jogadores em aberto, confirmando apenas que o time jogará com alguns jogadores da base, como Chong e Greenwood.

MIKE PHELAN RENOVA

De volta ao clube como auxiliar técnico após a saída de José Mourinho, Mike Phelan recebeu novo contrato de três anos com o clube. Notícias recentes davam conta de que ele queria o cargo (vago) de diretor de futebol, porém, foi mesmo mantido na comissão técnica: “Esse clube faz parte da minha vida desde 1989 e eu estou muito feliz por continuar essa história, disse Phelan.