Kylian Mbappé se distancia do Real Madrid e deve permanecer no PSG

Com a tentativa frustrada da Superliga Europeia, Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, acredita que será difícil contratar Mbappé.

Em entrevista ao Cadena SER, o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, deu a entender que Kylian Mbappé, do PSG, não deverá se juntar ao clube merengue na próxima janela de transferência. Assim, o argumento utilizado foi que a dissolução da Superliga acaba por tornar inviável investimentos no patamar de Mbappé e Haaland.

“Não sabemos o que vai acontecer no verão, a Superliga amenizou o estrago econômico. Se Mbappé não vier este ano, ninguém vai atirar em si mesmo. As pessoas sabem como eu sou, o que faço e, se as coisas não acontecem, eles sabem que não podem ser feitos”. As duras palavras do presidente merengue acabaram colocando fim na esperança de contratar o atacante francês nessa janela.

Foto: Getty Images

No entanto, de acordo com a Defesa Central, os motivos para evitar a contratação de Mbappé não é apenas financeiros. Os dirigentes acreditam que, depois de se posicionar ao lado da UEFA nestes últimos dias, contra a Superliga, o PSG se recusará a negociar a transferência de seu pupilo para o Real Madrid.

Por outro lado, o clube espanhol tem a alternativa de esperar até 2022 para contratá-lo. Todavia, isso depende da atitude de Mbappé de esperar seu contrato encerrar e se juntar de graça. Se mantiver a ideia de não renovar, a sua contratação será muito fácil. No entanto, se decidir finalmente a prorrogar, as suas opções de chegar no Real Madrid a curto e quase médio prazo desaparecerão por completo.

Os jogadores que podem sair do São Paulo de graça As notas dos jogadores do Bahia no empate diante do Grêmio É do Galo! Números de Pavón, em 2020-2021 Os 10 melhores jogadores do PSG no FIFA 12