Real joga para o gasto vence PSG e se classifica às oitavas

Na tarde desta terça-feira (03), em partida válida pela quarta rodada do Grupo A da Liga dos Campeões, no Santiago Bernabéu, o Real Madrid recebeu o Paris Saint-Germain e conseguiu uma vitória suada pelo placar magro de 1 a 0. O jogo marcou a volta de Di María a casa do Real Madrid, clube que o argentino atuou e conquistou uma UCL, logo após, se transferiu ao Manchester United.

Aos quatro minutos, a primeira chance do jogo, Cristiano Ronaldo chutou de longe, mas fraco e a bola ficou tranquila com Trapp. Aos dez minutos, depois de uma disputa no alto, Isco e Aurier caíram no gramado. Os jogadores se choraram de cabeça, Isco levou a pior, mas seguiu na partida. Aos 17, com dores no tornozelo esquerdo Verratti deixou a partida para entrada de Rabiot. Aos 21 minutos, Di María fez ótima joada e tocou para Aurier que achou Matuido livre na área que chutou fraco para a defesa de Navas. No minuto seguinte, Ibra recebeu livre e chutou colocado, a bola foi para fora. Aos 29 minutos, em cobrança de falta, Ibrahimovic chutou forte e a bola “tirou tinta” do “poste” esquerdo. Aos 33 minutos, Marcelo machucado de vaga ao grande nome da partida, Nacho Fernández que precisou de dois minutos em campo para marcar. Após Kroos chutou de longe, a bola desviu na zaga do PSG e sobrou para Nacho na esquerda do campo. O espanhol viu Trapp saindo mal e tocou para o gol vazio. Aos 37 minutos, Rabiot recebeu de Cavani, matou no peito e chutou forte de fora da área, a bola foi na trave, três minutos depois, o mesmo Rabiot pegou sobra de bola na entrada de área e chutou de direta a bola passou perto da trave direita. Já aos 48 minutos, Isco com liberdade recebeu um bola dentro da área e chutou de esquerda para a defesa de Trapp. Logo em seguida, Di Mária deu um ótimo passe para Cavani que ficou cara a cara com Navas e chutou fraco dando tempo de Varane evitar o gol que seria o de empate.

Na segunda etapa, aos três minutos, Dí Mária recebeu um bom lançamento logo, dominou na entrada da área, mas chutou fraco para a defesa de Navas. Aos 11 minutos, Isco chutou de longe, a bola pegou em David Luiz e enganou Trapp que colocou para escanteio. Aos 18 minutos, Rafa Benítez tirou Jesé e colocou Lucas Vázquez. Aos 28 minutos, Vázquez cruzou na área pela direita, a bola chegou a Isco. Livre dentro da área, ele dominou e chutou rasteiro e Trapp defendeu com o pé. Aos 30 minutos, Laurent Blanc tirou Matuidi e colocou Lucas. Aos 33 minutos, Di Mária quase marcou um gol olímpico, ele bateu escanteio fechado e a bola pegou na trave esquerda. Aos 35, Cristiano Ronaldo lançou Vázqu ez na direita que entrou na área e foi travado por David Luiz. No minuto seguinte, Modric fez um corta-luz e a bola ficou nos pés de Kroos que livre na área chutou para a defesa de Trapp. Aos 37, Benítez colocou Kovacic no lugar de Isco na partida. Aos 40, Di María avançou pelo meio e tocou para Cavani que viu Danilo se antecipar e ficar com a bola. Aos 42 minutos, Cristiano Ronaldo armou contra-ataque lançando Kroos que não alcançou a bola. Aos 43 minutos, Lucas em jogada com Ibra foi derrubado por Casemiro, na cobrança, Di María acertou a trave tendo a última chance da partida.

Com o resultado, o Real Madrid chega aos 10 pontos e invicto na Liga dos Campeões, com três vitórias e um empate contra o mesmo PSG, na França e já está classificado para a próxima fase da UCL. O Paris Saint-Germain tem 7 pontos e é o vice-líder no Grupo A. No outro jogo do grupo, o Shakhtar Donetsk venceu o Malmö, por 4 a 0. O Shakhtar é o terceiro com 3 pontos mesmo número de pontos do Malmö que é o lanterna. No próximo dia 25, o Real Madrid vai até a Ucrânia enfrentar o Shakhtar. Em Malmö, o time da casa recebe o PSG que perdeu sua invencibilidade na competição para os merengues.