Real Madrid somou 100 milhões de euros com vendas de jogadores da base

Em um mercado que foi atípico devido a crise gerada pelo coronavírus, o clube optou por não comprar e sim vender. Neste método adotado pela diretoria, vários jogadores formados em Valdebebas deixaram a equipe nos últimos meses. O Real Madrid recebeu ou receberá (quando chegar o momento do pagamento) 100,2 milhões de euros com esses jogadores.

A operação mais recente foi de um jogador que bem pertencente mais ao clube, Diego Llorente. Vendido a Real Sociedad em 2017, o zagueiro foi negociado com o Leeds. No entanto, o Real Madrid tinha 30% de uma futura venda, o que faz o Madrid lucrar 4,2 milhões de euros.

O vendeu nesta janela de transferências Achraf (40 milhões), Reguilón (30) e Óscar (15), além de outros cinco do Castilla que deixaram 11,5 milhões euros em troca de 50% de seus respectivos passes. Javi Sánchez para Valladolid (3 milhões), Baeza para Celta (3) e Dani Gómez (2,5) e De Frutos (2,5) para Levante e por fim Javi Hernández para o Leganés por meio milhão de euros.

FOTO DE CAPA: Getty Images

Resta1

Matheus Ramos

Estudante de jornalismo, amante do futebol espanhol, em especial do Real Madrid.