Uma bola de ouro no banco de reservas

A cena se repetiu nas partidas mais importantes do Real Madrid nesta temporada. Luka Modric assiste da arquibancada boa parte dos jogos, aconteceu no Camp Nou (estreou em 69 ‘), no Borussia Park (aos 70’) e no Di Stéfano contra o Inter (em 78 ‘). Três jogos que significariam vitória ou crise para o clube branco, porém na maioria delas o croata entrou e coincidiu com os melhores minutos do Madrid.

Apesar do ex-bola de ouro estar mostrando que ainda tem lenha para queimar, Zidane segue incluindo o jogador na sua política de rotação. O próprio Zidane tocou no assunto recentemente: “Nossos jogadores não descansam. É um bloco de sete jogos, depois vão com a seleção. Não reclamo, só explico que é preciso rodar e acho que podemos ganhar assim”, afirmou o treinador antes do jogo contra o Cádiz.

Modric que aos 35 anos é o mais velho do Real Madrid, já disputou 11 jogos nesta temporada. Em 7 foi titular e em três atuou os 90 minutos, nas outras 4 saiu do banco. Apesar da idade Modric ainda desempenha um papel muito importante no grupo, com o contrato próximo do fim, o jogador deixou a decisão com o Real Madrid. Durante todo o seu período na capital espanhola o croata disputou 353 partida, com 24 gols e 55 assistências. Além de conquistar 17 títulos.

FOTO DE CAPA: Reuters

Resta1