Remo é derrotado pelo Brasiliense no jogo de ida da final da Copa Verde

O Leão Azul foi a Brasília disputar o primeiro jogo da grande decisão da Copa Verde de 2020, e acabou perdendo de virada por 2×1 para o Jacaré do Planalto Central, e agora o Remo vai precisar vencer por 2 ou mais gols de diferença no jogo de volta em Belém, quarta feira, 24/02, às 16h, pra ficar com o título, vitória azulina por 1 gol de diferença levará o confronto para os pênaltis, qualquer outro resultado a taça ficará com o Brasiliense.

O jogo no 1° tempo foi bem movimentado, aos 21 minutos Felipe Gedoz próximo ao bico esquerdo da grande área, descolou excelente assistência, tocando rasteiro para Wallace abrir o placar na Arena Mané Garrincha, aos 31, em erro na saída da defesa remista, Sandy roubou a bola e chutou bonito, colocado, de fora da área no canto, estufando a rede, sem chances para o goleiro Vinícius, que estava adiantado.

O 2° tempo caiu um pouco de produção, o Remo teve mais presença no campo de ataque, inclusive acertando uma bola na trave com Lailson, mas quem marcou foi o time anfitrião da partida, aos 34 Peu bateu escanteio, Aldo se antecipou e no primeiro pau cabeceou pra dentro do gol, virando o jogo e dando a vitória ao Jacaré. Aos 50 minutos Wellington Silva marcou o gol que seria o de empate do Leão, mas o lance foi anulado pelo VAR.
Final: Brasiliense 2×1 Remo

FICHA TÉCNICA:

BRASILIENSE
Emerson Sucuri; Diogo, Badhuga, Keynan e Peu; Aldo, Sandy (Radamés) e Zotti (Jefferson Maranhão); Luquinhas (Tobinha), Zé Love (Michel Platini) e Maicon Assis (Carlos Eduardo). Tec: Vilson Taddei.

REMO
Vinícius; Wellington Silva, Fredson, Rafael Jansen e Marlon; Lucas Siqueira, Pingo (Lailson) e Felipe Gedoz; Hélio (Dioguinho), Augusto (Warley) e Wallace (Tiago Miranda). Tec: Paulo Bonamigo.

Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade/ES

Cartão amarelo:
Sandy (Brasiliense)

Foto: CBF TV.

Os jogadores em atividade com mais partidas pela Argentina em Copas do Mundo Adversário duro! Relembre as campanhas da Croácia em Copas do Mundo Treinadores que podem deixar ou já deixaram o comando das Seleções após a Copa de 2022 Os jogadores em atividade com mais partidas de Copa do Mundo pela Seleção Brasileira