Ainda sem poder contratar, Santos segue atento a possíveis reforços

Punido pela Fifa com Transferban por não ter pago o Huachipato/CHI na compra do atacante Yeferson Soteldo, o Santos segue atento ao mercado, já que tem trabalhado para acertar seu débito e poder reforçar o elenco. A expectativa é que não se demore para conseguir um acerto com o clube chileno, e possa voltar a registrar jogadores.

O técnico Ariel Holan, mesmo ciente do atual momento, mencionou a necessidade de contratações pontuais e viáveis, e a equipe de análise de desempenho do Santos segue observando o mercado, para possíveis contratações, dentro das condições financeiras do Santos. As necessidades iniciais são de um zagueiro e um meio-campista, sendo este, alguém de capacidade de defesa e ataque.

Observando o mercado, alguns nomes entram no ‘radar’ santista. O zagueiro Adryelson, do Sport e o meia Danielzinho, do Bahia, são nomes que agradam a comissão técnica. Os jogadores tem contrato com seus clubes até o final desta temporada. Um dos caminhos da diretoria santista para contratar, e analisar jogadores com contratos em fase final, que inclusive não gere multa rescisória.

Outro jogador que é observado pelo Peix e é o meia atacante Thonny Anderson, do RB Bragantino. O jogador foi contratado pelo clube do interior paulista junto ao Grêmio por R$ 13 milhões, mas não conseguiu seu espaço no Massa Bruta, que agora quer negociar. Thonny tem contrato até o final de 2024, e poderia chegar ao Santos por empréstimo inicialmente, com opção de compra.

(Foto: Divulgação)

As maiores decepções no início dos estaduais 8 jogos imperdíveis para curtir neste fim de semana! Saiba tudo sobre o UFL, novo game de futebol rival de FIFA e PES Os jogadores mais valiosos do futebol brasileiro