Com mudanças no meio campo e no ataque Cuca define time que enfrenta o Delfín

O técnico Cuca encerrou na tarde desta quarta-feira, a preparação para o compromisso contra o Delfín, em partida válida pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores, no estádio Jocay, em Manta, no Equador, às 23h00 (horário de Brasília). O Santos lidera o grupo com 7 pontos (duas vitórias e um empate), e uma vitória fora de casa praticamente garante a classificação do Santos para as oitavas de final da competição.

Para o jogo contra o Delfín, o técnico Cuca terá o retorno do atacante Yeferson Soteldo, que esteve fora do jogo contra o Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro no último domingo. Já o desfalque fica por conta da ausência do volante Alison, que conforme foi noticiado no Mercado do Futebol, poderia se juntar à delegação e seguir viagem para o Equador. Na última atividade, o técnico Cuca trabalhou com ênfase nas bolas paradas, sem forçar o treino tático, com medo de contusões, devido a sequência de jogos.

No meio campo, com a vaga do volante Alison aberta, o técnico Cuca deve optar pel a entrada de Jean Mota, como foi feito contra o Botafogo. O técnico ainda pode entrar com Arthur Gomes, dando mais versatilidade ao ataque, ou ainda, a entrada de Jobson, que faria a função de primeiro volante, trazendo Diego Pituca para segundo volante, de forma mais avançada.

Desta forma, o técnico Cuca deve iniciar a partida com João Paulo; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Diego Pituca, Sánchez e Jean Mota (Arthur Gomes ou Jobson); Yeferson Soteldo, Raniel (Kaio Jorge) e Marinho. O jogo terá a arbitragem peruana, com o comando de Kevin Ortega, com o auxílio de Jonny Bossio e Michael Orue.

(Foto: Ivan Storti / Santos FC)